Tamanho do texto

Clube da Gávea afirma que lateral esquerdo tem contrato até 2011, enquanto empresário busca novo clube para o atleta

A saída do lateral esquerdo Juan, do Flamengo, dada como certa na tarde de quarta-feira, pode ganhar novos capítulos nos próximos dias. Isso porque a situação do jogador pode ir parar na Justiça devido a um desentendimento entre a forma pensar do atleta e a do clube. Enquanto o clube carioca entende que o atleta tem vínculo até o fim de 2011, o procurador do lateral, o empresário Eduardo Uram, já negocia com outros clubes e acredita que nada mais prende seu cliente ao Flamengo. Uma reunião entre as partes, na próxima semana, pode impedir que a pendência vá parar na Justiça do Trabalho.

Em 2008, Juan renovou contrato com o Flamengo por mais dois anos, com o vínculo se encerrando no fim de 2010. Poucos meses depois a diretoria procurou Eduardo Uram propondo a prorrogação do vínculo por mais um ano. O lateral não teria reajuste salarial no último ano de contrato, mas, em compensação, para concordar com o acordo receberia "luvas" de R$ 500 mil.

Com o passar dos dias, o Flamengo acabou não registrando o novo contrato na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e também não pagou os R$ 500 mil que foram prometidos ao jogador. O caso caiu no esquecimento e nos últimos meses os dirigentes flamenguistas não procuraram Eduardo Uram em busca de uma renovação de contrato. Diante de um desfecho de não permanência na Gávea, o jogador anunciou na tarde de quarta-feira que estaria deixando o clube.

Em seu site oficial, o Flamengo emitiu nota dizendo que não considera que Juan não faça mais parte do quadro de funcionários do clube e informou que o caso foi passado ao departamento jurídico. Rafael De Piro, procurador do clube carioca neste caso, entrou em contato com Eduardo Uram e agendou uma reunião para que as duas partes tentem chegar a um acordo.

Em meio a todo esse processo Juan começou a despertar o interesse de outros grandes clubes do futebol brasileiro e o Flamengo percebeu que o jogador poderia se tornar uma excelente moeda de troca. Do São Paulo, o primeiro a se interessar pelo lateral, os flamenguistas querem Júnior César, mas a troca só aconteceria se Juan estivesse com contrato em vigor. Além do time do Morumbi, o Atlético-MG também pretende contar com o futebol do lateral. Com a permanência de Joel Santana no Botafogo, General Severiano também pode se tornar o destino do atleta, já que os dois trabalharam juntos na Gávea, conquistando o título do Campeonato Carioca de 2008.

Por sinal, títulos não faltaram a Juan em sua passagem pelo Flamengo. Contratado em 2006, após se destacar pelo Fluminense, o jogador naquele mesmo ano foi decisivo na conquista da Copa do Brasil. Em seguida veio o tricampeonato carioca entre os anos de 2007 e 2009. Também em 2009 o lateral ergueu a taça de campeão brasileiro. O jogador atuou 256 vezes pelo Flamengo, marcando 32 gols.

Além de Juan, outros jogadores considerados importantes devem deixar a Gávea nos próximos dias. O lateral direito Leonardo Moura tem propostas de Internacional, São Paulo e Palmeiras, mas o atleta tem contrato em vigor, que acaba somente em dezembro de 2011. Também com vínculo com o clube, o volante Willians está na mira do Santos, seu provável destino. O zagueiro Ronaldo Angelim também deverá ser procurado para ter o contrato rescindido, uma vez que não faz mais parte dos planos do técnico Vanderlei Luxemburgo e provavelmente vai voltar a defender as cores do Fortaleza, clube que o revelou para o futebol brasileiro. A situação será definida na próxima semana.

Sobre reforços, a diretoria segue atrás de nomes que estejam nos planos de Vanderlei Luxemburgo. O meia Everton, no Tigres do México, é o primeiro da lista, pois não vai permanecer no futebol mexicano e deseja retornar ao Brasil. Ele fez parte do elenco campeão brasileiro em 2009 e pode acabar sendo trocado pelo volante Kléberson, outro que não vai ficar na Gávea e interessa ao Tigres. A ideia da diretoria do Flamengo é ter o elenco bem encaminhado em 3 de janeiro, quando está prevista a apresentação do grupo para a realização de exames médicos. O orçamento do clube para 2011 ganhou um pequeno aumento com a confirmação da participação do clube carioca na próxima Copa Sul-Americana.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.