Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sion apresenta recurso na Justiça comum contra a Fifa

Equipe suíça foi excluída da Liga Europa por escalar jogadores de forma irregular. Em seu lugar entrou o Celtic, da Escócia

EFE |

O clube suíço Sion, excluído da Liga Europa por escalar jogadores em situação irregular, não pretende desistir de uma vaga na competição e, para isso, apresentou recurso no Ministério Público de Zurique. As ameaças da Fifa de suspender a ASF (Associação Suíça de Futebol) a partir do dia 13 de janeiro caso não puna o Sion, foi a origem do recurso de clube euruopeu na justiça.

Leia mais: CAS decide manter Sion fora da Liga Europa

O time suíço afirma que a Fifa exerce "uma chantagem inaceitável" ao pretender que a ASF atue contra seu próprio regulamento e do direito suíço, e considera que a associação mudou seu ponto de vista, já que primeiro se mostrou a favor do clube diante da CAS e depois mudou de opinião. Este novo enfoque do clube suíço, que não parece contar com o apoio de sua federação, lhe outorga poucas possibilidades de êxito em sua briga contra a Fifa.

Veja ainda: Presidente do Sion chama Michel Platini de "bobo da corte"

Em publicação em seu site oficial, o Sion aponta que a decisão judicial da CAS confirma as suposições de servilismo da corte à Uefa, que "excluiu a equipe de maneira arbitrária" da competição. O conflito entre a Uefa e o Sion foi parar na CAS depois que a equipe suíça obteve um parecer da Justiça comum local contra sua expulsão da competição pela escalação indevida de seis jogadores contra o Celtic, da Escócia.

E mais: Fifa proíbe Sion de contratar jogadores

O Celtic ocupou o lugar do Sion no grupo I da Liga Europa, do qual fazem parte também o Atlético de Madri, a Udinese e o Rennes. A equipe escocesa denunciou o clube suíço à Uefa, já que a Fifa havia proibido o Sion de contratar jogadores durante duas temporadas completas por ter contratado em 2008 o goleiro egípcio Essam El Hadary quando este atuava por outro clube. Segundo a Fifa, em abril de 2011 a equipe suíça foi lembrada da proibição.

Leia tudo sobre: suíçasionfutebol mundialfifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG