Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sindicato dos jogadores anuncia greve na rodada inicial do Italiano

Clubes não aceitaram proposta oferecida pelo sindicato dos atletas, que visava um acordo provisório até 30 de julho de 2012

Gazeta |

Nesta sexta-feira, o sindicato AIC (Sindicato dos jogadores de futebol italiano) anunciou que haverá greve na rodada de abertura do Campeonato Italiano, marcada para este final de semana. Após se reunirem, os 20 clubes da Primeira Divisão da Velha Bota e seus atletas não conseguiram alcançar um acordo a respeito da assinatura de um novo convênio coletivo.

Veja também: Após sétima reunião, jogadores encerram greve na Espanha

Os clubes não aceitaram a proposta oferecida pelo sindicato dos atletas, que visava um acordo provisório válido até o dia 30 de junho de 2012. Com a recusa, os jogadores optaram por iniciar a greve.

"A Liga não aceitou nossa proposta de acordo de transição. Nestas condições não vamos jogar. Quero dizer aos torcedores que esta situação também nos incomoda. Nosso objetivo não era não jogar, e sim começar nas melhores condições", disse o presidente do sindicato, Damiano Tommasi. "Acreditem em nós, tentamos de tudo", completou.

Já o presidente da Liga A, Maurizio Beretta, deixou claro os motivos de ter recusado a proposta do AIC. "Nossa assembleia foi muito clara. Não iremos assinar um acordo sem os dois pontos em discussão: a contribuição solidária e o tema dos jogadores que treinam separadamente", explicou.

A contribuição solidária é um novo imposto que deve ser pago pelos jogadores aos próprios clubes. Os atletas já aceitaram a condição, entretanto, solicitam uma lei que regulamenta esta taxa. Já quanto ao treinamento, o sindicato dos jogadores não concorda com o direito dos clubes de obrigarem jogadores que não interessam mais, a treinar separadamente do restante do elenco.

Leia tudo sobre: futebol mundialitáliagreve

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG