Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Silas promete Avaí ofensivo e pressão sobre o Botafogo em SC

"Posso garantir que a Ressacada vai estar muito mais cheia do que o Engenhão", cutucou o treinador

Gazeta |

O técnico Silas não era dos mais satisfeitos na entrevista coletiva após o empate do seu Avaí em 2 a 2 com o Botafogo, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, no Engenhão. Descontente com o vacilo de seus comandandos, mas contente com o empate, o treinador comentou sobre a atuação dos catarinenses.

"Conseguimos sair bem, acertamos a marcação e fizemos dois gols. O complicado foi ter levado o empate ainda no primeiro tempo. Se eu levasse a vantagem pro intervalo a gente acertava e partia pra matar o jogo aqui mesmo", afirmou.

O comandante ainda prometeu uma equipe ofensiva no jogo da volta, no estádio da Ressacada, mesmo com a vantagem obtida no Rio de Janeiro, assegurando que um fator vai impor mais pressão sobre os cariocas: a torcida.

"O meu time não sabe jogar de outra forma que não atacando. Vou fazer o que o Caio Júnior fez aqui, colocando a equipe pra frente. Ele acabou sendo surpreendido, espero que nós não sejamos. Uma coisa, no entanto, eu posso garantir: a Ressacada vai estar muito mais cheia do que o Engenhão estava hoje, e a nossa torcida vai colocar pressão neles", finalizou.

Leia tudo sobre: AvaíCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG