Treinador aceitou a proposta do Al-Arabi, do Catar. Diretoria catarinense deve acertar com Alexandre Gallo

O técnico Silas não dirige mais o Avaí . O treinador, que levou a equipe de Santa Catarina até às semifinais da Copa do Brasil , acertou seu desligamento nesta quarta-feira, após aceitar uma proposta milionária do Al-Arabi , do Catar. Silas acertou um contrato de um ano de duração e irá substituir outro brasileiro no time do Catar, Péricles Chamusca, que curiosamente também dirigia o Avaí antes de ser contratado.

Ironicamente o adeus de Silas ocorreu justamente no dia em que o clube, que ocupa a lanterna do Campeonato Brasileiro , apresentou seus novos reforços: o meia-atacante Cleverson, que estava na Chapecoense, e o meia Pedro Ken , que veio do Cruzeiro . Os dois não terão oportunidade de trabalhar com o antigo chefe, que concedeu entrevista coletiva após acertar sua saída do clube com o presidente João Nilson Zunino.

“Não é o lado financeiro que está me fazendo ir. É claro que isso é importante, sim, mas o que pesou foi que estou iniciando uma carreira internacional e a família vai junto, isso pesou muito também”, explicou Silas, que ficou com lágrima nos olhos ao falar com os jornalistas.

Mas não resta dúvida que o dinheiro oferecido pelo clube do Catar teve uma bela importância na decisão: embora o técnico não confirme valores, estima-se que ele receberá luvas de US$ 500 mil (R$ 792 mil) e salários de US$ 250 mil (R$ 396 mil), por um ano de contrato

"É um contrato fora da realidade, não apenas do Brasil, mas para qualquer lugar. Nesta hora você precisa deixar o coração de lado e pensar de uma forma mais fria", disse Silas. que estava em sua segunda passagem pelo Avaí. Embora tenha levado o clube até a semifinal da Copa do Brasil, ele não conseguiu chegar à decisão do Campeonato Catarinense.

A diretoria do Avaí ainda não anunciou o nome do substituto de Silas, mas especula-se nos bastidores do clube que o escolhido será Alexandre Gallo. Ele já tem experiência no futebol catarinense, após ter trabalhado no Figueirense entre 2007 e 2008. Outro nome também cotado é o de Márcio Goiano , atualmente dirigindo o São Caetano , da Série B.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.