Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Shevchenko entra, é expulso e Dínamo Kiev e Braga ficam no empate

Ídolo do time ucraniano veio do banco de reservas mas não terminou a partida pelas quartas da Liga Europa

Gazeta |

Grande esperança do Dínamo de Kiev para a partida diante do Braga, o atacante Andriy Shevchenko não obteve o sucesso que costuma ter. O ídolo da torcida ficou no banco de reservas, entrou no segundo tempo, foi expulso, e ainda viu seu time empatar em 1 a 1, levando a decisão para Portugal.

Jogando em casa, os ucranianos até que começaram vencendo, mas acabaram sofrendo o empate em um gol contra marcado por Gusev, ainda no primeiro tempo.

O jogo
A partida começou a todo o vapor. A equipe do Dínamo aproveitou a pressão da torcida em seu estádio para abrir o placar com menos de dez minutos de jogo. Depois de boa jogada individual de Gusev pelo lado esquerdo do campo, ele cruzou para o centroavante Yarmolenko. Sem marcação alguma, o camisa 9 só teve o trabalho de cabecear para as redes.

Gusev voltou a chamar atenção pouco depois. Aos 13 minutos, depois de cobrança de escanteio, o meio-campista viu o brasileiro Alan partir para a bola e, ao tentar cortar, mandou para a própria meta, empatando o duelo.

Com o empate, o Dínamo pensou em ir para cima no segundo tempo e, para isto, o técnico resolveu escalar Shevchenko no intervalo. Aos oito minutos, ele fez falta e recebeu o cartão amarelo e aos dezesseis, foi advertido novamente, desta vez por driblar o goleiro e chutar ao gol depois do apito do árbitro e acabou expulso, acabando com as chances dos ucranianos em reagir.

O resultado, obviamente, deixa a vaga aberta. Na partida de volta, em Braga (Portugal), o time da casa terá a possibilidade de empatar sem gols para se classificar.

Leia tudo sobre: ucrâniaportugalshevchenkoliga europafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG