Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Shakhtar bate Roma e está nas quartas da Liga dos Campeões

Destaque do jogo, brasileiro Willian marcou um belo gol, além de dar uma assistência na vitória de 3 a 0

Gazeta |

Após bater a Roma, fora de casa, por 3 a 2 no jogo de ida das oitavas de final da Copa dos Campeões, o Shakhtar Donetsk comprovou sua força jogando em casa e despachou os italianos por 3 a 0, com gols de Hubschman e dos brasileiros William e Eduardo. Com o resultado, os ucranianos alcançam pela primeira vez em sua história as quartas de finais da Liga dos Campeões.

Em um embate truncado, a Roma, contando com um homem a menos após a expulsão do francês Méxes, caiu de rendimento e não suportou a pressão ucraniana na Donbass Arena. Com o resultado, a Itália perde mais um representante na competição, contando agora somente com a Inter de Milão e Milan, que disputam uma vaga nas quartas ainda nesta semana.

O jogo
Empurrada pela torcida, a equipe ucraniana logo impôs seu ritmo de jogo sobre a Roma. Contando com a esquadra brasileira formada por Douglas Costa, Jadson, William e Luiz Eduardo, o Shakhtar iniciou a partida apostando nas bolas aéreas e nas rápidas investidas dos atletas canarinhos.

Apesar da pressão inicial dos anfitriões, foi a Roma que teve o primeiro lance de perigo a seu favor no embate. Na marca dos nove minutos, Riise lançou uma bomba, que passou perto do canto esquerdo do goleiro Pyatov.

AFP
Além de dar o passe para o primeiro, ex-corintiano Willian anotou o segundo do Shakthar sobre a Roma
A resposta dos ucranianos veio aos 18 minutos. Após driblar a marcação, William cruzou a bola para a área dos italianos, que não contavam com o desvio preciso de Hubschman, enganando o goleiro Doni e inaugurando o marcador na Donbass Arena. 1 a 0 para o Shakhtar Donetsk.

Buscando empatar a partida, a Roma pressionou e ainda teve um pênalti marcado aos 28 minutos. Na cobrança, Borriello bateu no canto esquerdo de Pyatov, que caiu para realizar uma linda defesa e manter o placar favorável para os ucranianos até o final do primeiro tempo.

Os italianos se complicaram ainda mais na partida. Aos 40 minutos, Méxes cometeu falta em cima de Luiz Adriano, recebeu seu segundo cartão amarelo e foi expulso, na sequência. No retorno para o segundo tempo, o Shakhtar voltou superior e, logo aos 12 minutos, o brasileiro William afundou de vez o time da Roma. Dominando na grande área, o camisa 10 bateu no ângulo de Doni, cravando 2 a 0 em Donetsk.

Sem conseguir reverter a desvantagem fora de casa, a Roma abusou das jogadas violentas, contando com o aval de Howard Webb, que fez vistas grossas ao pisão de Borriello em Srna. Com a vitória definida, o Shakhtar poupou seus titulares e colocou Eduardo na partida. Aos 42 minutos, o brasileiro ampliou a partida para 3 a 0 após aproveitar a falha na zaga italiana, dando números finais ao duelo.

FICHA TÉCNICA
SHAKHTAR DONETSK 3 X 0 ROMA

Local: Estádio Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia)
Data: 08 de março de 2011, terça-feira
Horário: 16h45 (de Brasília)
Árbitro: Howard Webb (ING)
Assistentes: Michael Mullarkey (ING) e Peter Kirkup (ING)
Cartões amarelos:Méxes aos 22 minutos, Mkhitaran aos 27 e Srna, aos 48 do primeiro tempo (Shakhtar); Pizarro, aos 11 minutos, Perrotta, aos 19 e Riise aos 33 do segundo tempo (Roma)
Cartão vermelho: Méxes (Shakhtar), aos 40 minutos do primeiro tempo

Gols: SHAKHTAR DONETSK: Hubschman aos 18 minutos do primeiro tempo, William, aos 13 e Eduardo, aos 42 do segundo tempo

SHAKHTAR DONETSK: Pyatov; Srna, Chrygrynsky, Rakytskyy e Rat; Mkhitaryan (Alex Teixeira), Hubschman, Jadson, Douglas Costa (Eduardo) e Willian; Luiz Adriano (Marcelo Moreno)
Técnico: Mircea Lucescu

ROMA: Doni; Burdisso, Juan, Méxes e Riise; De Rossi, Pizarro, Perrotta (Caprari) e Taddei (Rosi); Vucinic e Borriello
Técnico: Vincenzo Montella

Leia tudo sobre: liga dos campeõesshakhtarromaitáliafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG