Os anfitriões foram superiores, mas pararam nas defesas do goleiro Roberto e foram derrotados por 2 a 1

O Sevilla não precisou de muito para sair na frente do Granada nesta segunda-feira, mas pecou nas conclusões e acabou derrotado por 2 a 1, no estádio Ramón Sánchez-Pizjuan, em Sevilha. Os anfitriões foram superiores durante todo o jogo, mas esbarraram na grande atuação do goleiro Roberto, que garantiu o resultado para os visitantes.

Logo após o pontapé inicial, Jesús Navas avançou bem ao ataque e cruzou para a área. A zaga do Granada afastou mal e Cáceres aproveitou a sobra para chutar forte. O goleiro Roberto conseguiu fazer a defesa, mas o rebote caiu nos pés de Manu, que não perdoou e abriu o placar antes do primeiro minuto de jogo.

Arrasador dentro de campo e empurrado pela torcida, o Sevilla ainda teve duas oportunidades de marcar antes dos dez minutos. Entretanto, o Granada cresceu na partida quase chegou ao empate antes do intervalo. Aos 27, o nigeriano Uche cabeceou forte, mas a bola foi para fora. Já aos 30, Vargas fez uma linda defesa após Abel cobrar falta para os visitantes.

O Sevilla ainda conseguiu responder com Medel, que levou perigo em um chute de fora da área, mas apenas administrou o restante da primeira etapa para não sofrer qualquer surpresa de seu adversário. No entanto, o segundo tempo foi marcado por um verdadeiro bombardeio dos donos da casa, que não aumentaram a vantagem por pouco.

Novamente os anfitriões conseguiram duas boas chances antes dos dez minutos de jogo, mas foi aos 14 que o time quase chegou ao gol. Navarro cruzou na marca do pênalti e Armenteros cabeceou para fora, levando muito perigo à meta defendida por Roberto.

Já aos 17, o arqueiro do Granada se mostrou fundamental para evitar o gol do Sevilla. Em três oportunidades seguidas, o goleiro defendeu os chutes de Manu, Armenteros e Trochowski, consagrando-se como o grande personagem da partida.

A excelente atuação de Roberto foi recompensada aos 33 minutos, quando o Granada aproveitou a falta de atenção da zaga adversária para marcar o gol salvador. O tento foi anotado pelo centroavante Geijo, que se adiantou aos defensores adversários e, de cabeça, empurrou para as redes.

Quando o jogo já parecia definido, a equipe, que ocupava a lanterna da competição até então, surpreendeu a todos e conseguiu a virada sobre o Sevilla. Após uma confusão dentro da área, a bola sobrou para Mikel Rico, que chutou forte e rasteiro, sem chances para Varas impedir a vitória do modesto Granada.

Mesmo com o resultado negativo, o Sevilla permanece na quinta colocação, com 17 pontos ganhos, o que deixa a equipe ainda mais longe dos primeiros colocados do Espanhol. Já o Granada largou a lanterna do campeonato com o Getafe e subiu para a 19ª posição, com seis pontos conquistados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.