Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sete jogadores são denunciados por briga em Avaí x Botafogo

Técnico Caio Júnior e o próprio árbitro Ricardo Marques Ribeiro também serão julgados pelo STJD

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Enquanto se prepara para a estreia no Campeonato Brasileiro, no dia 22 de maio, o Botafogo terá uma importante definição na próxima segunda-feira. Quatro jogadores do clube carioca, além do técnico Caio Júnior, serão julgados no Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pela briga no estádio da Ressacada, após o empate de 1 a 1 com o Avaí, na última quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Loco Abreu, Arévalo, Everton e Herrera foram denunciados por 'praticar agressão física', conforme o artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD). A pena pode variar de quatro a 12 jogos de suspensão. Loco Abreu e Everton foram expulsos pelo árbitro na súmula, enquanto Herrera e Arévalo foram denunciados com base nas imagens da partida.

Os jogadores Marquinhos, Bruno Silva e Rafael Coelho, do Avaí, também foram denunciados por agressão física e podem receber a mesma pena que os atletas do Botafogo.

Já o técnico Caio Júnior foi denunciado por ter ofendido o árbitro Ricardo Marques Ribeiro. Se for considerado culpado, o treinador pode pegar uma suspensão que varia de quatro a seis partidas, além de ter que pagar multa entre R$ 100 e R$ 100 mil. Tanto Botafogo, quanto o Avaí também responderão ao artigo 257 (participar de rixa, conflito ou tumulto, durante a partida, prova ou equivalente) e, caso condenados, podem ter de pagar multas de até R$ 20 mil.

Árbitro também será julgado
Por não ter identificado e expulso outros atletas, e ainda deixar de relatar ameaças de agressão contra a sua pessoa, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro também será julgado. O juiz pode pegar uma suspensão que varia de 30 a 360 dias, acrescentado ou não com multa de R$ 100 a R$ 1 mil.

Leia tudo sobre: AvaíBotafogocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG