Mesmo jogando em casa, equipe empatou com a Portuguesa por 1 a 1 em jogo da quarta rodada da Série B

Apesar do empate do Barueri com a Portuguesa, o técnico Sérgio Soares gostou da atuação de sua equipe. Segundo o treinador, só faltou o time caprichar mais na hora da finalização para vencer a partida. Apesar disto, o treinador evitou fazer alguma projeção a respeito do acesso.

Depois de um primeiro tempo ruim, o Barueri cresceu no segundo e teve boas chances de gol, principalmente em bolas paradas, mas acabou não conseguindo vencer o jogo, ficando no 1 a 1, falhando na hora da definição.

"Nós trabalhamos muito finalização, mas o emocional dentro do jogo é diferente do emocional nos treinamentos. Mas a gente vai continuar trabalhando firme para que melhoremos e consigamos traduzir uma superioridade em resultados, como deveria ter sido", analisou o treinador. "Se tivéssemos mais frieza para fazer o gol, como nas jogadas do Leo [Gamalho] e do Marcelinho, teríamos saído com um resultado melhor".

Soares, porém, elogiou o time da Lusa, que soube se fechar mesmo com a expulsão de Marcos Pimentel. "A Portuguesa se recompôs naquele setor. O Luís Ricardo trabalhou ali e a Lusa se fechou, não teve buraco. Nós conseguimos ter mais posse e trabalhamos bem a bola, mas a Portuguesa se posicionou bem", avaliou.

Perguntado sobre a possibilidade de acesso, o técnico foi cauteloso, e quer esperar. "É cedo para falar sobre acesso. Nossa intenção, é claro, é essa, mas ainda estamos evoluindo, montando o time durante a competição... Ainda tem questões de entrosamento, que é visível. Mas a nossa intenção é brigar para subir", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.