Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sergio Ramos critica Uefa por manter punição de Mourinho

No entanto, lateral mostrou-se feliz com a absolvição de Busquets por supostas ofensas raciais

Gazeta |

Após a absolvição de Sergio Busquets pela acusação de chamar o brasileiro Marcelo de "macaco" , na primeira partida da semifinal de Liga dos Campeões entre Barcelona e Real Madrid , Sergio Ramos , defensor da equipe merengue, não concordou com a decisão da Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) de manter a punição de seu técnico, o português José Mourinho. Expulso no embate, o comandante foi suspenso dos próximos cinco jogos da equipe em competições europeias.

"Não me parece justo que o único prejudicado nesta história tenha sido Mourinho. Infelizmente, o futebol conta com certas pessoas para tomar decisões, enquanto que nós não podemos fazer nada", criticou Ramos, em entrevista ao jornal "Marca".

Mesmo lamentando a punição de seu técnico, o espanhol ficou feliz pelo seu companheiro de seleção, Sergio Busquets , que poderá jogar a final da Liga dos Campeões diante do Manchester United , no próximo dia 28 de maio.

"Alegrei-me ao saber que Busquets foi liberado, já que ele é meu companheiro na seleção da Espanha e sempre desejo o melhor aos meus colegas", disse. Quanto ao convívio entre os atletas do Barça e Real na "Fúria", o defensor afastou qualquer chance de encontrar um clima hostil na equipe.

"Seria um erro muito grave que afetaria um grupo tão bom e fantástico como o que temos nesta seleção. Com objetivos como conquistar a Copa do Mundo e a Eurocopa, não podemos deixar essa rivalidade nos afetar", encerrou Sergio Ramos.

Leia tudo sobre: Futebol MundialEspanhaReal MadridJosé Mourinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG