Ele manda no time - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sérgio Guedes exalta capitão Marco Antônio: Ele manda no time

Técnico disse que dá autonomia para que o meia comande seus companheiros de dentro de campo

Gazeta Esportiva |

Jogador de técnica apurada e estilo cadenciado, Marco Antônio tem sido titular absoluto da Portuguesa durante a temporada. Sua contribuição para o time, no entanto, vai além de passes certeiros e finalizações cheias de efeito: ele é a extensão declarada do técnico Sérgio Guedes dentro de campo, um atleta querido pela torcida e respeitado pelos companheiros. É, de fato, o comandante da Portuguesa.

"Algo importante para um capitão é não atuar só em campo, mas também liderar o time fora de campo e ser ouvido por todos. O Marco é assim: ele manda no time. Tem autonomia para isso porque confio muito nele", afirmou Sérgio Guedes, satisfeito com a postura do camisa 8. A admiração pelas qualidades de Marco Antônio tem sido a mesma desde o início do ano.

O jogador assumiu a faixa de capitão em setembro de 2009, após a dispensa do experiente lateral direito César Prates. Vagner Benazzi era o comandante e manteve a condição nesta temporada, algo que Oswaldo Alvarez e Sérgio Guedes não ousaram desfazer. Para o atual treinador da Portuguesa, a empatia com Marco Antônio é extremamente forte - ambos têm conceito semelhante quanto à função de um capitão.

"(Um capitão tem que) Perceber se tem alguém em campo que não está acreditando muito nas chances da equipe, trazer confiança para o elenco, ser uma extensão do Sérgio dentro de campo. Às vezes, você tem que levar isso mais na conversa, manter um bom ambiente com todos e lembrar coisas boas do passado, porque isso pode ajudar e animar muito", explicou o jogador.

O líder lusitano também é muito exaltado por suas qualidades táticas. "O capitão tem que ter uma boa visão de jogo, e o Marco tem isso", afirmou Guedes. "Às vezes, o elenco vê o jogo de um jeito, aí ele tem que chegar para o técnico e dizer: 'não está adiantando jogar dessa outra forma'. Ele tem a confiança do elenco e é um atleta que dá exemplo", complementou.

Com Sérgio Guedes à beira do gramado e Marco Antônio liderando a Portuguesa dentro das quatro linhas, a equipe volta a campo às 17 horas (de Brasília) deste sábado para enfrentar o Ipatinga, no Canindé. Uma vitória mantém a Lusa viva na briga pelo acesso na Série B do Campeonato Brasileiro e pode até colocá-la no G-4, caso o Sport vença o América-MG em Sete Lagoas.

Leia tudo sobre: portuguesasérie b

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG