Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Serginho quer fazer o centésimo jogo no Atlético-MG inesquecível

Volante aponta sua melhor partida em 99 disputadas, mas quer o clássico de domingo como a melhor de todas

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

O clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro é uma partida diferente para quem disputa. Neste domingo os dois principais clubes de Minas Gerais fazem o primeiro jogo da decisão do estadual, o que deixa o encontro ainda mais especial. Entre todos os motivos que envolvem o clássico, o volante Serginho ainda vai ter a emoção de completar 100 partidas com a camisa do Atlético-MG.

Na equipe profissional desde 2007, o jogador já alternou momentos bons com ruins. Ao contrário de outros jogadores, Serginho faz o acompanhamento do número de jogos pelo Atlético-MG e revela ao iG que esperava há muito tempo por esse momento.

“Estou fazendo a contagem e o próximo jogo já é o centésimo. Fico feliz de dar minha contribuição, fazendo boas partidas e às vezes partidas mais ou menos. Mas se Deus quiser vamos o centésimo jogo com chave de ouro, uma vitória para me deixar bastante feliz”, disse Serginho, que aponta a vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo, em julho de 2009, pelo Brasileirão, como o seu melhor jogo pelo Atlético-MG.

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Serginho fez dois gols nas partidas da semifinal contra o América-MG e quer ainda mais contra o Cruzeiro
“Destaco a partida que eu voltei a ser titular, diante do São Paulo. Consegui fazer um belíssimo jogo e um gol também. Se Deus quiser vamos fechar bem o centésimo, quero poder que esse clássico que vai vir foi a melhor partida da minha vida”.

Se repetir contra o Cruzeiro o que fez contra o América-MG, Serginho tem tudo para fazer dos dois próximos clássicos partidas especiais. Na semifinal contra o América-MG foram dois gols, um em cada partida, além da grande atuação. No entanto o jogador atleticano já avisa que sua primeira função é marcar os adversários e não fazer os gols.

“Tenho que deixar claro para todos os torcedores que sou um volante de marcação. Claro que se a oportunidade aparecer, eu vou chegar para tentar fazer. Mas isso é um trabalho bem feito que estamos fazendo na parte física e estamos conseguindo correr do início ao fim, podendo dar aquela arrancada e aparecer de elemento surpresa. Isso é trabalho, trabalho e trabalho para conseguir estar sempre bem”, explicou o volante do Atlético-MG, que espera fazer muito mais nas próximas partidas do que fez contra o América-MG, para ele as suas melhores atuações em 2011.

“Até agora os jogos com o América foram os meus melhores, porque no resto do ano ainda quero fazer jogos melhores ainda. Fiquei muito feliz com, acho que é trabalho, tendo a cabeça no lugar”.

Serginho tem dois títulos no profissional do Atlético-MG, ambos no Campeonato Mineiro. Em 2007 ele fazia parte do grupo campeão, assim como no ano passado, embora não tenha atuado em nenhuma partida por conta da lesão no joelho direito. Se ano passado a conquista foi em cima do Ipatinga, agora pode ser sobre o Cruzeiro. Vencer um campeonato sobre o maior rival pode sim ter um sabor diferente.

“Título é sempre título, seja em cima do América, do Cruzeiro ou do Ipatinga. Lógico que sendo no clássico dá um gostinho a mais, mas temos de respeitar e fazer uma boa partida, com os pés no chão, para conseguir esse objetivo que é o título”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG