Volante do Atlético-MG não enfrenta o Atlético-PR e pode ficar fora das partidas contra Avaí e São Paulo

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Serginho está suspenso contra o Atlético-PR e pode não enfrentar Avaí e São Paulo
O técnico Cuca tem apenas um problema para escalar o Atlético-MG para o jogo desta quarta-feira, contra o Atlético-PR , pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Serginho , que tem atuado como lateral-direito, recebeu o sexto cartão amarelo no clássico com o Cruzeiro e está suspenso mais uma vez no Brasileirão. O jogo em Curitiba vai ser o quinto que o camisa 7 fica fora por suspensão.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Além de estar na segunda suspensão por cartões amarelos, a primeira ele cumpriu contra o Fluminense , Serginho foi expulso contra o Coritiba e não participou do jogo seguinte. Além disso, o volante ficou fora das duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro por conta da expulsão contra o Grêmio Prudente , ainda pela Copa do Brasil.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

A expulsão contra o Coritiba ainda pode tirar Serginho de outras partidas. O volante do Atlético-MG vai ser julgado nesta terça-feira pelo Superior Tribunal de Justiça (STJD) e pode pegar até três partidas de suspensão. Serginho está incurso no artigo 250 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) – praticar ato desleal ou hostil durante a partida. Contra o Coritiba, Serginho foi expulso depois de cometer pênalti no ataque Leonardo e receber o segundo cartão amarelo. Assim, o volante pode ficar fora dos jogos contra Avaí e São Paulo .

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Se o técnico Cuca não pode contar com Serginho, outra preocupação para o treinador é o número de pendurados do Atlético-MG. Ao todo são cinco jogadores, sendo que quatro enfrentaram o Cruzeiro . Renan Ribeiro , Richarlyson , Guilherme e André , além do volante Dudu Cearense , são os pendurados do Atlético-MG para o jogo contra o Atlético-PR.

Mais problemas

Não é apenas para defender o volante Serginho que o advogado do Atlético-MG, Lucas Ottoni, vai estar no STJD nesta terça-feira. O clube vai ser julgado por conta sacolas com papel que foram arremessadas no gramado na derrota para o Figueirense . Caso punido, o Atlético-MG pode perder ater dez mandos de campos e pagar uma multa de até R$ 100 mil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.