Volante atleticano ficou fora das duas primeiras rodadas do Brasileiro e agora espera voltar ao time

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Serginho não enfrentou Atlético-PR e Avaí por conta da expulsão na Copa do Brasil
Depois de cumprir suspensão nas duas primeiras rodadas do Brasileiro, o volante Serginho já está à disposição do técnico Dorival Júnior, mas não tem retorno garantido à equipe do Atlético-MG . O atleta destaca que no time atleticano não tem nenhum titular absoluto , e que a briga por posições dentro do elenco alvinegro será grande.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"No Atlético-MG não tem jogador intocável, até porque, jogador passa momentos bons e ruins. Aqui, um respeita o outro e brigamos por posição. Os jogadores que não vinham jogando, entraram e fizeram boas partidas. Isso é bom para o Atlético-MG. Com os atletas jogando bem, entram e dão conta do recado. Todo mundo em prol do Atlético-MG. Brigo por posição, respeitando meus companheiros", declarou.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Serginho elogia o time alvinegro, que venceu as duas primeiras partidas do Brasileiro e afirma que caso seja escalado para o duelo contra o São Paulo , que pretende fazer o melhor possível para continuar com o Atlético-MG no caminho das vitórias.

"O Atlético-MG entrou nessas duas partidas muito bem, onde conseguiu a vitória e a liderança. O time está muito bem treinado. Estava suspenso nesses dois jogos, mas agora estou em condições de jogo. Se o professor Dorival optar por mim, quero entrar e dar meu melhor para conseguir a terceira vitória", disse Serginho, que não esconde a insatisfação por ficar fora do time e interromper a sequência de jogos que vinha tendo .

"Nos anos que passaram, não tive essa sequência que tive no Mineiro. Foi muito bom para minha carreira. A suspensão veio em um momento chato, início de campeonato, nova fase. Ficar fora é chato. Ninguém gosta de ficar fora, quer sempre jogar", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.