Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Semifinal com quatro grandes é raridade na 'nova' Taça Guanabara

Desde 2004, quando torneio foi dividido em dois grupos, somente em duas edições os rivais se enfrentaram

iG Rio de Janeiro |

Gazeta Press
Fla, do atacante Vágner Love, é o maior vencedor da Taça Guanabara, com 19 títulos
Ainda que a diferença de investimento, e consequentemente de nível técnico, entre os quatro clubes grandes do Rio de Janeiro e os outros times do Campeonato Carioca seja abissal, a semifinal da Taça Guanabara, primeiro turno do estadual, fugirá da rotina recente. Desde 2004, quando o sistema de dois grupos classificando os dois melhores colocados foi adotado, apenas em duas oportunidades Botafogo, Flamengo, Fluminense e Vasco conseguiram avançar juntos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em 2008, a disputa foi idêntica a deste ano, com Flamengo e Vasco se enfrentando de um lado, e Fluminense e Botafogo de outro. O campeão foi o time da Gávea, que também venceu o Campeonato Carioca daquele ano. O outro encontro dos grandes aconteceu em 2010. Botafogo e Vasco de um lado, Flamengo e Fluminense de outro. O campeão foi o time de General Severiano, que assim como o Flamengo, dois anos antes, também levou o título Carioca.

Leia mais: Em meio a monotonia, Carioca e Gaúcho pegam fogo durante a semana

Para o técnico Abel Braga, a classificação dos quatro grandes foi merecida, apesar do próprio Fluminense ter sofrido durante a competição, perdendo pontos importantes. O treinador também descarta apontar qualquer favorito para o título.

Veja mais: Sem dois titulares, Bota terá que superar falta de entrosamento

"O Vasco fez uma performance extraordinária. Inclusive, depois de se classificar contra nós, seguiu e venceu os dois jogos seguintes. Mesmo poupando um ou dois jogadores, ninguém esmoreceu. Acho que avançaram os melhores, no final, quem avançar é sempre quem mereceu. São dois clássicos. Não tem qualquer tipo de favoritismo", analisou o técnico do Fluminense.

Leia também: Veja como ficaram as semifinais no Rio e vote nos favoritos

Gazeta Press
Vasco, do atacante Alecsandro, chega com a melhor campanha da primeira fase
A presença de 'intrusos' se tornou comum na Taça Guanabara, principalmente pelo pouco tempo de preparação das grandes equipes. Enquanto isso, com meses de pré-temporada, os times menores chegam em vantagem na parte física.

Em 2011, o Boavista surpreendeu, avançou à semifinal e ainda eliminou o Fluminense, sendo derrotado pelo Flamengo na final. Já em 2006, por exemplo, apenas um grande se classificou. O Botafogo enfrentou o Americano, enquanto America e Cabofriense disputaram a outra vaga à final.

Leia também: Léo Moura minimiza campanha 100% do Vasco: "Clássico é clássico"

Entre os quatro classificados, quem vive o maior jejum de títulos da Taça Guanabara é o Fluminense, que não vence o primeiro turno do Campeonato Carioca desde 1993. O Flamengo, com 19 conquistas, é o maior vencedor. Vasco e Flamengo fazem a primeira semifinal na quarta-feira, às 22h, no Engenhão. Um dia depois, no mesmo estádio, mas às 21h, Botafogo e Fluminense decidem quem será a outra equipe na final.

Veja as semifinais da Taça Guanabara desde 2004:
Taça Guanabara 2004
Fluminense 2 x 1 Americano
Vasco 0 x 2 Flamengo

Taça Guanabara 2005
Volta Redonda 2 x 0 Cabofriense
Americano 2 x 1 Botafogo

Taça Guanabara 2006
America 1 (5) x  (4) 1 Cabofriense
Americano 1 x 2 Botafogo

Taça Guanabara 2007
Madureira 2 x 1 America
Flamengo 1 (3) x (1) 1 Vasco

Taça Guanabara 2008
Botafogo 2 x 0 Fluminense
Flamengo 2 x 1 Vasco

Taça Guanabara 2009
Flamengo 1 x 3 Resende
Fluminense 0 x 1 Botafogo

Taça Guanabara 2010
Vasco 0 (6) x (5) 0 Fluminense
Flamengo 1 x 2 Botafogo

Taça Guanabara 2011
Fluminense 2 (2) x (4) 2 Boavista
Botafogo 1 (1) x (3) Flamengo

Leia tudo sobre: BotafogoFlamengoFluminenseVascoCampeonato Carioca 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG