Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem vencer, Santos tem aproveitamento de rebaixado fora de casa

Campeão da Libertadores tem apenas 5% de aproveitamento jogado como visitante no Campeonato Brasileiro

Samir Carvalho, iG Santos |

null

Além de permanecer na zona de rebaixamento, a derrota do Santos diante do Vasco na última quarta-feira, em São Januário, coloca a equipe santista com uma campanha de rebaixado como visitante no Campeonato Brasileiro. Jogando fora de casa, o time de Muricy Ramalho tem aproveitamento de apenas 5%. É o segundo pior da competição, já que o Atlético-PR perdeu todos os jogos como visitante.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

O Santos atuou seis vezes fora de casa e não conquistou nenhuma vitória. Foram cinco derrotas e um empate. A equipe santista marcou quatro gols e sofreu oito, atuando como visitante. Se não bastasse, somando os onze jogos do Santos na competição (dentro e fora de casa), o time está entre as três piores defesas da competição, com média de 1,8 gol por jogo.

O técnico Muricy Ramalho e os jogadores do Santos ignoram o fato de a equipe estar na zona do rebaixamento. Isso porque, os santistas possuem três jogos a menos que o restante das equipes na competição. Sendo assim, o treinador acredita que a posição é apenas transitória, e não gosta de ouvir falar sobre o assunto.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

“Isso não conta, pois estamos com jogos a menos. É que você deve ser de outro país. O cara não sabe disso”, afirmou o técnico ao repórter que fez a pergunta em relação a zona de risco, após a derrota para o Flamengo na semana passada, quando o Santos caiu para as últimas quatro colocações.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

Segundo estatísticas do Footstas, o Santos também é um dos times que mais erraram passes no Brasileiro, com média de 39,9 passes errados por partida. O aproveitamento da equipe santista também deixa a desejar no quesito posse de bola. Em 11 jogos, o time teve média de apenas 12 minutos de posse de bola por jogo.

Leia tudo sobre: santosmuricy ramalhobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG