Tamanho do texto

O treinador conquistou apenas um ponto em sua passagem pelo Comercial, virtualmente rebaixado no Campeonato Paulista

Geninho acumula seguidos fracassos. Em 2011, ele foi demitido do Atlético-PR e Vitória
Gazeta Press
Geninho acumula seguidos fracassos. Em 2011, ele foi demitido do Atlético-PR e Vitória
Virtualmente rebaixado para a Série A2 do Campeonato Paulista, o Comercial anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Geninho. O experiente comandante ficou à frente da equipe de Ribeirão Preto por sete jogos e não conseguiu nenhuma vitória. No total, foram seis derrotas e um empate.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Houve investimentos, mas infelizmente não tivemos resultados. As pessoas que estavam responsáveis por montar o time já foram, não trabalham mais aqui. Não quero culpá-las totalmente por isso. Eu também sou culpado, porque de certo modo dei o aval para elas", disse o presidente Nelson Lacerda.

Após falhar no objetivo de conseguir melhorar o desempenho do Comercial no Campeonato Paulista, Geninho não mostrou arrependimentos por ter assumido a equipe em um momento ruim e disse que fez tudo que podia para livrar o time da degola.

Veja a classificação do Campeonato Paulista

"Eu vim para atender a um pedido de amigos. Analisei a situação do Comercial e achei que era possivel livrar a equipe do rebaixamento, mas infelizmente nós acabamos encontrando alguns problemas. Quando eu comecei a trabalhar eu vi que as coisas dentro do clube eram diferentes do que pareciam. Independetemente do resultado, eu saio de cabeça erguida, com a certeza de que fiz o possível e o impossível para tentar ajudar o Comercial", declarou o técnico.

Com oito pontos, o Comercial depende de uma combinação improvável de resultados para escapar do rebaixamento para a Série A2. Para isso, a equipe teria que vencer os seus dois próximos jogos de goleada (diante de Guaratinguetá e Palmeiras), contar com um empate entre Catanduvense e Botafogo-SP no próximo domingo e ainda torcer por derrotas XV de Piracicaba, Botafogo-SP, Guaratinguetá e Catanduvense na última rodada do Campeonato Paulista.