Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem título e Libertadores, Deola tem novo objetivo: vencer rival

Goleiro afirma que Palmeiras pode bater o Corinthians e atrapalhar arquirrival na briga do título

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

null

Sem poder alegrar a torcida conquistando uma vaga na Libertadores, muito menos com o título, Deola, goleiro do Palmeiras , já tem o objetivo que pode trazer de volta o sorriso para a cara de sua torcida. O atual titular da meta afirma que vencer o Corinthians poderia servir de comemoração no fim desta temporada.

Veja como está a briga pelo título e entenda porque o Palmeiras não tem chances

"Mesmo não brigando por título ou Libertadores, temos um objetivo que pode ser tirar o título de um rival. Deixamos de concorrer no campeonato por maus resultados nossos, e esse é o preço que estamos pagando. Mas temos de honrar nossas obrigações até o fim do ano e não cometer os mesmos erros para terminarmos o campeonato de forma honrosa", destacou Deola.

Veja também: Em meio a polêmicas, WTorre começa colocação de pilares da Arena

No ano passado, Deola foi titular da meta de um jogo que ficará marcado para a sua história. O goleiro foi muito bem diante do Fluminense, fez várias boas defesas e foi xingado pela sua própria torcida. Isso porque o time carioca era o principal rival na briga pelo título contra Corinthians e São Paulo. Dinei, que fez o gol, também foi vaiado.

AE
Deola tenta evitar gol do Santos

Neste ano, a história pode se repetir. O Palmeiras enfrenta o Vasco, que é o grande concorrente do Corinthians na briga. O camisa 22, no entanto, afirma que entregar o jogo está fora de cogitação, especialmente pela situação delicada em que a equipe se encontra na tabela.

Leia entrevista completa: Frizzo esnoba profissionalismo e minimiza "Diretas Já"

"Estamos numa situação em que precisamos da vitória, não importa o adversário ou se vai beneficiar A ou B. Não estamos perdendo os jogos porque queremos, estamos tentando a vitória, mas os adversários estão tendo mais felicidade do que nós. Não tem de pensar em entregar jogo, isso não faz mais parte do futebol", disse o atleta.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

"Estou há muito tempo no Palmeiras e sou torcedor. Uma parte vai querer que não ganhe, mas os palmeirenses mesmo estão torcendo pela vitória para ter tranquilidade. Longo período sem ganhar é ruim para nós. Vai estar dividido, mas entendemos o lado do torcedor que quer ver a felicidade do clube e não quer que o rival se dê bem", completou.

STJD aceita adiar julgamento de Valdivia por tapa em atleta do Fluminense

 

Antes de ter a dor de cabeça de ser vaiado caso vá bem contra o Vasco ou se for mal contra o Corinthians, o Palmeiras tem outros jogos no Brasileirão. O primeiro deles é neste domingo, às 19h, na Arena Barueri. O adversário é o Coritiba. Marcos Assunção, que treinou normalmente nesta quarta-feira, deve ser o reforço. Já Marcos segue fora, assim como Valdivia e Maurício Ramos, que foram expulsos.

Leia tudo sobre: palmeirasdeolacorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG