Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Thiago Motta, Itália testa reservas em amistoso contra Ucrânia

Meia brasileiro naturalizado italiano deverá ser um dos nomes poupados pelo técnico Cesare Prandelli

EFE |

Uma Itália com sete caras novas na formação titular em relação à partida da última sexta-feira, contra a Eslovênia, vai encarar a Ucrânia nesta terça, em amistoso que será realizado no estádio Lobanovsky Dynamo, em Kiev.

Autor do único gol do triunfo fora de casa sobre os eslovenos, válido pelas Eliminatórias da Eurocopa, o meia brasileiro naturalizado italiano Thiago Motta deverá ser um dos nomes poupados pelo técnico Cesare Prandelli, que aproveitará o próximo duelo para testar jogadores que buscam um lugar no grupo que disputará o torneio continental no ano que vem.

A dupla de ataque deverá ser formada por Giuseppe Rossi, companheiro de Nilmar no Villarreal, e Alberto Gilardino, com Alberto Aquilani atuando como o principal criador de jogadas, à frente de Noccerino e Marchisio. Na defesa, Christian Maggio e Giorgo Chiellini voltarão a ser titulares, mas desta vez acompanhados por Danielle Gastaldello e Domenico Criscito, que entrarão nos lugares de Leonardo Bonucci e Federico Balzaretti. No gol, o veterano Gianluigi Buffon cederá seu posto a Emiliano Viviano.

A Ucrânia, por sua vez, não poderá contar com seu principal atacante. O experiente Andriy Shevchenko pediu para não disputar a partida devido a um problema de saúde de seu filho, que deve ser operado nos próximos dias em Londres.

Leia tudo sobre: itáliafutebol mundialamistoso

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG