Treinador conversa bastante com os jogadores e pede que Daniel Carvalho faça uma nova função em campo

Sem tempo de treinar a equipe entre o clássico com o Cruzeiro e o jogo desta quarta-feira com o Atlético-PR , o técnico Cuca tenta armar o Atlético-MG na base da conversa. Em Curitiba desde segunda-feira, o treinador atleticano tem conversando bastante com o time e até mesmo individualmente. O meia Daniel Carvalho foi atleta que conversou bastante com Cuca e deve ter sua escalação confirmada para o jogo que abre o segundo turno.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Segundo o camisa 83 do Atlético-MG, Cuca lhe pediu para fazer uma nova função. Disposta a colaborar com os companheiros que lutam contra o rebaixamento, Daniel Carvalho foi solicito ao pedido do treinador. “Conversamos sobre fazer uma função nova no jogo de amanhã (quarta-feira) e me coloquei à disposição. Vamos esperar ele (Cuca) decidir, disse que tem algumas dúvidas ainda, mas que gostaria de contar comigo numa outra função, diferente da que venho jogando, que é no meio, mais centralizado. Eu me coloquei à disposição, agora depende dele chegar e decidir a equipe que sai jogando”, disse Daniel Carvalho, que explicou qual a função pedida por Cuca.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

“Já fiz essa função, que é jogar aberto pela esquerda, na segunda linha de quatro. Já tive vários jogos, na época do Inter , do CSKA e até mesma da seleção, pois cheguei jogando nessa função. De repente posso sentir um pouco de dificuldade, mas nada capaz de comprometer ou atrapalhar a equipe”.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Nesta terça-feira, no estádio do Corinthians-PR, os jogadores do Atlético-MG fizeram um treino recreativo. No entanto, antes da atividade, Cuca conversou com 12 atletas, o que é um sinal do possível time para enfrentar o xará paranaense. Renan Ribeiro, Mancini, Réver, Leonardo Silva, Richarlyson, Fillipe Soutto, Pierre, Bernard, Daniel Carvalho, Guilherme, Neto Berola e André foram os jogadores que conversaram com o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.