Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem tempo para o C13, Cade recebe a Globo em cima da hora

Advogados da emissora estiveram em Brasília reunidos com o presidente do órgão do Ministério da Justiça na quinta

Paulo Passos, iG São Paulo |

Agência O Globo
Presidende do Cade esteve com advogados da Globo
Prevista para a última quinta-feira, a entrega dos documentos da assinatura do contrato do Clube dos 13 com a Rede TV! para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa do Consumidor) teve que ser adiada para a próxima semana. A justificativa dada pela entidade para a alteração da data foi que faltava horário na agenda do presidente do órgão, Fernando Furlan. Na quinta-feira, ele teve duas audiências públicas. Uma delas, com advogados da Rede Globo, às 16h.

O iG apurou que foi a emissora que solicitou a audiência no Cade na quinta-feira, horas antes do encontro. O Clube dos 13 acusa a Globo de desrespeitar a concorrência organizada pela entidade ao negociar diretamente com as equipes. Até agora, a empresa já acertou com 10 clubes para exibição das partidas do Campeonato Brasileiro a partir de 2012. São eles: Grêmio, Corinthians, Goiás, Coritiba, Santos, Vasco, Cruzeiro, Vitória, Sport e Bahia.

O C13 espera que o Cade intervenha no caso, barrando as negociações da Globo. Nesta sexta-feira, a entidade enviou por email o contrato assinado com a Rede TV! para a transmissão do Campeonato Brasileiro, no triênio 2012, 2013 e 2014. A emissora foi a única a participar da concorrência e ofereceu R$ 516 milhões. Record e Globo desistiram de fazer proposta, alegando que a maioria dos clubes iria negociar em separado.

No dia 1 de março, os dirigentes do Clube dos 13 foram à Brasília para audiência com o Cade. O presidente do órgão, Fernando Furlan, e o procurador-geral, Gilvandro Araújo, participaram do encontro. Na época, os dois evitaram se posicionar sobre o racha no C13 e as negociações dos clubes com a Globo. “Não podemos fazer análises em teses”, afirmou Araújo, na época. 

O racha começou em fevereiro, quando o Corinthians afirmou que deixaria C13 por não concordar com os termos da licitação para venda dos direitos de transmissão do Brasileiro. Por determinação do Cade, a entidade foi obrigada a derrubar a clausula de preferência que favorecia a Rede Globo.

Os dirigentes do Clube dos 13 acreditam que serão recebidos por Fernando Furlan na próxima semana. Ainda não há, entretanto, uma data para a audiência. Além do contrato com a Rede TV!, a entidade levará os documentos de empréstimos bancários assinados por 11 clubes filiados, dando aval ao C13 para negociar e assinar em nome deles contratos de venda de direitos de transmissão.

Os dirigentes se basearam nesses contratos para assinar o acordo com a Rede TV!. Os clubes, porém, contestam e negociam diretamente com as emissoras.

Hoje, o Clube dos 13 conta com a apoio de quatro equipes: São Paulo, Atlético-MG, Internacional e Atlético-PR. O Bahia, que era tido como aliado do C13, anunciou nesta sexta-feira um acordo com a Globo.
 

Leia tudo sobre: Clube dos 13GloboRede TV!Cade

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG