Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Ronaldinho Gaúcho, Fla tenta reencontrar caminho da vitória

Há cinco jogos sem vencer, time rubro-negro encara um Bahia em crise e sem Renê Simões, demitido

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Sem vencer há cinco partidas e desfalcado de sua principal estrela, Ronaldinho Gaúcho, convocado para a seleção brasileira para o amistoso contra Gana, segunda-feira, em Londres, o Flamengo encara o Bahia, neste domingo, às 16h, no Engenhão, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em crise e sem o técnico Renê Simões, demitido sexta-feira, o time baiano será dirigido pelo interino Eduardo Barroca. Renato Gaúcho e Joel Santana são os favoritos para assumir o cargo.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Se na tabela de classificação a disparidade entre o Flamengo, quarto colocado com 36 pontos, e o Bahia, 16º com 21 pontos e a um da zona do rebaixamento, é medida por 15 pontos de diferença ou cinco vitórias, dentro de campo as duas equipe terão problemas neste domingo.

Pelas bandas da Gávea, além de Ronaldinho Gaúcho, Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com Alex Silva, Aírton, David e Luiz Antônio, vetados pelo departamento médico.

Já pelo lado baiano, o interino Eduardo Barroca terá que se virar sem Marcelo Lomba e Camacho, que pertencem ao rival e, em razão de uma cláusula em seus contratos, não podem jogar, além do volante Marcone e do lateral-direito Marcos, suspensos pelo terceiro amarelo. Porém, o zagueiro Titi cumpriu suspensão contra o América-MG e volta à equipe.

iG Flamengo no Twitter: saiba tudo sobre seu time

Preocupado em deixar o tão esperado clássico contra o Corinthians, quinta-feira, no Pacaembu, de lado para focar as atenções apenas na partida diante da equipe baiana, Luxemburgo lamentou a ausência de tantos jogadores entregues ao departamento médico do clube.

"Não gosto de ficar falando sobre isso porque acham que é desculpa. Mas entrar nessa fase decisiva com alguns jogadores no departamento médico é complicado. De repente, o time ficou sem Airton, Maldonado e o Alex Silva, que foi contratado para dar estrutura. Isso também pesa bastante. A perda do Airton foi muito ruim, pois é um jogador que joga de volante. Tive que puxar o Willians”, explicou o treinador, que terá os retornos de Welinton e Júnior César.

O Flamengo disputou apenas dois jogos no Brasileirão sem Ronaldinho Gaúcho. Coincidentemente, as duas partidas foram em casa e os resultados negativos: um empate com o Ceará, por 1 a 1, em Macaé, e uma goleada, por 4 a 1, para o Atlético-GO, no Engenhão, quando ainda estava invicto no Brasileiro.

Apesar da enorme vantagem que separa as duas equipes na tabela de classificação, o treinador rubro-negro espera um confronto bastante complicado, mas acredita na recuperação do campeão carioca.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

"Os jogadores e os técnicos descobriram a competição e está tudo muito igual. Se não conseguir o resultado em casa, já complica. Eu não me preocupo com o momento, pois sei que a equipe tem caixa para crescer. Futebol não é uma ciência exata", comentou.

FICHA TÉCNICA – FLAMENGO X BAHIA

Local: Engenhão (RJ)
Data: 4 de setembro de 2011 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Alicio Pena Junior (MG)
Assistentes: Marcelo Bertanha Barison (RS) e Tatiana Jacques de Freitas (RS)

FLAMENGO: Felipe, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim (Gustavo) e Júnior César; Willians, Renato, Bottinelli (Muralha) e Thiago Neves; Jael e Deivid. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

BAHIA: Tiago; Jancarlos, Paulo Miranda, Titi e Maranhão; Fahel, Diones (Fabinho), Ricardinho e Carlos Alberto; Jones e Souza. Técnico: Eduardo Barroca (interino)


 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011FlamengoBahia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG