Tamanho do texto

Clube aposta em revelações dos estaduais e jogadores consagrados do elenco para lutar na parte de cima

O Botafogo terminou 2010 com boas perspectivas. Depois do título do Campeonato Brasileiro de 1995, o time passou os anos seguintes fazendo campanhas irregulares, que culminaram com o rebaixamento da equipe à série B em 2002. O martírio acabou no ano passado, quando os comandados do técnico Joel Santana chegaram a lutar pela primeira colocação, e no final, pelo G4, animando o torcedor para 2011.

Apesar de ter perdido a vaga na Copa Libertadores na última rodada, após derrota por 3 a 0 para o Grêmio no estádio Olímpico, o 6° lugar conquistado foi a melhor colocação na competição nacional desde o título liderado por Túlio Maravilha, Donizete e Wagner. Mas, se ao final do último Brasileirão o cenário parecia promissor, em poucos meses a construção do Botafogo perdeu a base e o time começará a atual competição sob desconfiança da torcida.

Eliminado pelo Flamengo na semifinal da Taça Guanabara , o time entrou em crise. O técnico Joel Santana não suportou a pressão da torcida , que vaiava o time em quase todas as partidas, e pediu demissão. Buscando uma nova maneira da equipe atuar, a diretoria trouxe o técnico Caio Júnior, que chegou pedindo reforços, mas prometendo um futebol de posse de bola e ofensividade .

Caio Júnior conversa com Loco Abreu, grande esperança de gols do Botafogo
AE
Caio Júnior conversa com Loco Abreu, grande esperança de gols do Botafogo

Porém, em apenas sete partidas a frente do clube carioca, Caio Júnior viu a situação piorar ainda mais. Sem conseguir recuperar o time a tempo na Taça Rio, o Botafogo foi eliminado antes da hora no Campeonato Carioca . Na Copa do Brasil, acabou caindo nas oitavas de final para o Avaí, em uma partida marcada por um pênalti polêmico e briga de jogadores no fim do jogo .

Após os dois vexames, jogadores e diretoria foram alvos de protestos violentos. No desembarque da delegação no Rio de Janeiro, após a partida contra o Avaí, os atletas não foram agredidos graças a presença de policiais .

Com mais de um mês para contratar, o Botafogo começará o campeonato sem nenhum reforço de peso. Andrezinho, do Inter, e Gilberto, do Cruzeiro, foram especulados, mas não chegaram até o momento. Outros sonhos como o meia Diego, do Wolfsburg, da Alemanha, e Seedorf, Milan, permanecem distantes . A dificuldade em contratar até fez com que o gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros, admitisse que houve um erro de planejamento na busca por novos jogadores .

Apenas dois reforços foram contratados. O meia Thiago Galhardo, que realizou bom estadual defendendo o Bangu , e o lateral-esquerdo Cortês, destaque do Nova Iguaçu no Carioca . Assim, o clube aposta numa mistura de jovens revelações das categorias de base, com jogadores experientes que se destacaram em 2010, como o goleiro Jefferson, o zagueiro Antônio Carlos, o atacante Loco Abreu e o meia Maicosuel, que se recuperou de grave lesão no joelho.

Porém, ao menos uma vantagem o Botafogo poderá ter em relação aos adversários. Por ter sido eliminado mais cedo que a grande maioria dos times, o clube teve mais de um mês para realizar uma espécie de intertemporada. A preparação pode fazer a diferença na reta final do torneio.

"Nosso time está bem preparado, depois de quase um mês de treinos. Foi possível acertar a equipe física e tecnicamente. Vamos entrar com a força que temos, e quem chegar vai ter que fazer a diferença. Para ser mais um, não compensa. Os reforços são importantes, pois time ganha jogo, mas elenco ganha campeonato", analisou o goleiro Jefferson.

Apesar do discurso oficial de jogadores e comissão técnica ser de que o clube brigará por uma vaga na Copa Libertadores, sem a chegada de novas contratações, o mais provável é que a equipe permaneça no meio da tabela, tentando uma vaga na Copa Sul-Americana.

Ficha técnica

Botafogo

Nome oficial : Botafogo de Futebol e Regatas
Fundação : 12 de agosto de 1904
Localização : Rio de Janeiro – RJ, Brasil
Estádio : Engenhão
Capacidade : 46 mil lugares
Presidente : Maurício Assumpção
Treinador : Caio Júnior
Principais títulos conquistados : 2 Brasileiros (1968 e 1995), 1 Copa Conmebol (1993) 4 Torneios Rio-São Paulo (1962, 1964, 1966 e 1998), 1 Copa dos Campeões Estaduais Rio-São Paulo (1931) e 19 Campeonatos Cariocas (1907, 1910, 1912, 1930, 1932, 1933, 1934, 1935, 1948, 1957, 1961, 1962, 1967, 1968, 1989*, 1990, 1997, 2006, 2010)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.