Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem receio de STJD, Tite diz que reclamaria de novo de arbitragem

Técnico do Corinthians garantiu que voltaria a falar tudo o que falou ao árbitro do jogo em Sete Lagoas

Gazeta |

Expulso no domingo passado por ter reclamado de marcação de pênalti a favor do Cruzeiro , Tite diz não ter se arrependido de sua atitude. Ainda que provavelmente seja denunciado no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o técnico do Corinthians garantiu que voltaria a falar tudo o que falou ao árbitro do jogo em Sete Lagoas.

Leia também: 'Fielzão' terá homenagem ao título de 77 e à Fazendinha

"Não sei (se vou ser julgado e punido), mas se tivesse que fazer de novo, eu faria exatamente a mesma coisa, porque, como torcedor, eu esperava que meu técnico falasse isso, bem igualzinho ao que aconteceu", reforçou o comandante, que havia sido expulso pela última vez ainda no comando do Internacional . "Mas quase fui expulso nos Emirados Árabes por esse negócio de fair play. Eu disse 'fair play a...', mas falaram para não falar, que seria expulso", brincou, em seguida, omitindo o palavrão da frase.

Apesar do nervosismo por entender que o pênalti não havia sido legítimo, Tite não fez nenhuma ofensa a Pablo dos Santos Alves. Na súmula, o árbitro relatou apenas que a expulsão do técnico foi "por proferir os seguintes dizeres ao quarto árbitro (...): "não foi pênalti, não foi nada, ele está pressionado pela torcida". De qualquer forma, ele teve "conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva", conforme prega o artigo 258 Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Siga o iG Corinthians no Twitter e receba as notícias em tempo real

O comandante do Corinthians nunca esteve em pauta no STJD neste campeonato. Isso, a propósito, motivou o advogado do Palmeiras, André Sica, a protestar por conta das seguidas denúncias ao técnico Luiz Felipe Scolari . Na ocasião, Tite se irritou ao ser informado da defesa do rival, mas não entrou em polêmica. "Não posso falar o que estou pensando", limitou-se a dizer.

Na sexta-feira que antecedeu o encontro com o Cruzeiro , o treinador havia alertado indiretamente para a inexperiência de Pablo dos Santos Alves. Desta vez, a cinco dias de pegar o Internacional , Tite voltou a torcer para que o sorteio da CBF tenha juízes com "maturidade e experiência". O pedido é reforçado pelo Inter .

Entre para a Torcida Virtual do Corinthians e comente as reclamações de Tite

Leia tudo sobre: brasileirão 2011corinthianstitestjd

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG