Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem pressão, Hekari quer virar exemplo em Papua-Nova Guiné

Em apenas sete anos de história, clube da Oceania irá disputar seu primeiro Mundial de clubes, em Abu Dhabi

Gazeta Esportiva |

O representante da Oceania no Mundial de Clubes vem de um país sem qualquer tradição no futebol. Fundado em 2003, o Hekari United, de Papua-Nova Guiné, quer provar a ascensão de um clube que chegou ao topo em seu continente em apenas sete anos de história.

A equipe de Port Moresby rapidamente deixou o amadorismo e alcançou a divisão principal de seu país em dois anos. Agora, os jogadores trabalham para virar um exemplo à população de Papua-Nova Guiné.

"Dedicamos o nosso sucesso a todas as nações de ilhas localizadas no Pacífico. Estou certo de que a nossa participação em um nível tão elevado será uma motivação para nossos filhos e aos jovens de todo o país", destacou o general manager do Hekari United, Vonnie Eteaki Kapi-Natto.

O representante de Papua-Nova Guiné vai iniciar a participação no Mundial de Clubes 2010 na fase preliminar. No dia 8 de dezembro, na abertura do torneio, enfrenta o Al Wahda, dos Emirados Árabes Unidos.

O vencedor do confronto já terá um adversário de nível elevado nas quartas de final da competição. No dia 11 de dezembro, o classificado mede forças com o Seongnam Ilhwa Chunma, da Coreia do Sul.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG