Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem pressa para ser líder, Tite quer antes que equipe se ajuste

Corinthians pode virar líder nesta rodada, mas para técnico o topo não importa tanto assim no momento

Bruno Winckler, iG São Paulo |

Após cinco jogos de invencibilidade, a volta das vitórias e a consolidação do Corinthians entre os primeiros colocados do Campeonato Paulista, o técnico Tite não tem pressa para ver sua equipe chegar ao topo da tabela, mesmo sabendo que apenas um ponto separa a equipe do líder Palmeiras – 20 a 19.

AE
Tite não se ilude com chance de ser líder nesta rodada
Para o treinador, o mais importante é manter-se entre os três times de cima da tabela, como acontece hoje, não deixando o eventual primeiro lugar se distanciar. “Nâo tenho pressa em ser líder. Quero ver a equipe mantendo um padrão de desempenho, jogando bem em sequência. Ainda falta muito para o final (10 rodadas) e o importante é ficar entre os três para tentar chegar á liderança ali nas três, quatro rodadas finais”, avaliou.

Até o clássico contra o São Paulo, teoricamente o próximo grande jogo do Corinthians, dia 27 de março, o clube fará seis jogos.  Chegando lá, Tite acredita que já terá um time ajustado para aí sim assumir a liderança e ficar até final da primeira fase, em abril.

O técnico não se ilude com a possibilidade real de ser líder antes mesmo do fim de fevereiro. Bastaria vencer o Prudente neste sábado, no Pacaembu, e que Palmeiras e Mirassol não vencessem seus jogos contra São Paulo e Paulista, respectivamente.

"Ainda é cedo para isso. A ideia é permanecer entre os três primeiros, repetindo um padrão de desempenho. Vamos buscar a primeira colocação depois, nos jogos finais", comentou, valorizando a liderança. "É importante porque dá vantagem na sequência do campeonato, no mata-mata."

Com os mesmos 19 pontos ganhos do Mirassol, o Corinthians ocupa a terceira colocação do Estadual. O líder Palmeiras tem um ponto a mais e enfrentará o São Paulo no domingo, no Morumbi.

O treinador aposta que por ter feito dois clássicos - e ter vencido Santos e Palmeiras - o Corinthians pode se concentrar mais na sua busca por um padrão de jogo que dê o "equilíbrio" que o time precisa para suportar bem uma sequência de jogos que virão na reta final do campeonato. "Temos que retomar nosso padrão de jogo e isso conseguimos jogando e repetindo formação e obtendo desempenho. Tendo isso os resultados vêm e a gente pode pensar em posição na tabela", comentou.

Leia tudo sobre: corinthianstitecampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG