Time alvinegro sentiu ausência do volante, que melhorou o desempenho defensivo desde que virou titular

Ausente da partida contra o Internacional , o volante Pierre fez muita falta ao Atlético-MG . Desde que o volante entrou na equipe, na partida contra o Botafogo , pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, a média de desarmes do time atleticano era de 18 por partida. Porém, diante do Internacional , o Atlético-MG roubou a bola apenas sete vezes.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

Na primeira partida de Pierre pelo Atlético-MG, o time roubou a bola do adversário 20 vezes. O número mais baixo até então foi contra o Bahia , que jogou durante todo o segundo tempo com um jogador a menos e teve a posse de bola apenas 40% do tempo. Mesmo assim as nove bolas roubadas na 23ª rodada deixaram o time na frente do desempenho diante do Internacional.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Com Pierre em campo, o Atlético-MG sofreu apenas nove gols neste Brasileirão, sendo que passou três das seis partidas em que não levou gols com ele em campo. O volante disputou oito partidas pelo clube, com uma média de 1,1 gol sofrido, além dos três jogos que a defesa passou sem ser vazada. Já sem Pierre, são quase dois gols sofridos por partida, com 35 tentos em 18 rodadas.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

O desarme, aliás, não é um critério muito forte do Atlético-MG neste Campeonato Brasileiro. Com 486 roubadas de bola certas, o clube mineiro é apenas o 16º melhor clube neste quesito, na frente apenas de Botafogo, Ceará , Figueirense e Santos . O time que mais desarmou na competição é o Corinthians , com 743 roubadas de bola, quase 300 a mais que o Atlético-MG.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Para o jogo contra o Ceará, além de Pierre, Cuca também tem a volta do volante Serginho . Por outro lado o treinador do Atlético-MG perdeu o zagueiro Réver e o volante Dudu Cearense , que estão suspensos. Já os atacantes Guilherme , Marquinhos Cambalhota e Neto Berola estão no departamento médicos e podem ganhar condição de jogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.