Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem pensar no Corinthians, Palmeiras promete recorrer de punição no STJD

O Estatuto do Torcedor deixa claro que o time visitante só deve ser penalizado quando há incitação (de violência) por parte da sua diretoria, explicou diretor de futebol palmeirense

Gazeta Esportiva |

Mesmo mergulhado na disputa da Copa Sul-Americana, o Palmeiras irá recorrer da perda de dois mandos de campo no Campeonato Brasileiro. O diretor de futebol Wlademir Pescarmona confirmou que o departamento jurídico do clube já trabalha por um novo julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

O Palmeiras acabou punido por acontecimentos no clássico contra o Corinthians, no fim do mês passado, no estádio do Pacaembu. Uma parte da torcida palmeirense ocalizada no Tobogã mostrou-se irritada com a derrota e arremessou objetos em um dos estacionamentos do estádio. Uma veículo de propriedade de uma rede de televisão sofreu danos. Por sorte, pessoas que passavam pelo local não ficaram feridas.

"Vamos recorrer, sim, porque o Estatuto do Torcedor deixa bem claro que o time visitante só deve ser penalizado quando há incitação por parte da sua diretoria. Não é justo sofrermos essa penalidade", explicou Pescarmona, em entrevista por telefone nesta quarta-feira.

Por enquanto, o Palmeiras perdeu os mandos das partidas contra Atlético-MG, que briga contra o rebaixamento, e Fluminense, um dos adversários do Corinthians pelo título. Pescarmona reconhece que recebeu pedidos de torcedores para cumprir a pena e facilitar a missão do time das Laranjeiras, porém preferiu cumprir o que considerou justo.

"Torcedor age com o coração, não com a razão. Temos de fazer o que é certo. Se vai beneficiar alguém, é outra história", afirmou o diretor de futebol alviverde.

Se conquistar a vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana, o Palmeiras ainda demonstra preocupação com o desgaste de um deslocamento em uma partida no interior paulista - clube teria de mandar seus jogos a 100 quilômetros da capital em função da punição. "Já sofremos bastante com isso e teríamos de preservar ainda mais nossos atletas", encerrou Pescarmona.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiropalmeirasstjd

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG