Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem patrocínio e com poucos reforços

Flamengo perdeu a Batavo, ainda não encontrou um substituto e contratou apenas três jogadores para 2011

Thales Soares, iG Rio de Janeiro |

Faltam apenas três dias para o Flamengo voltar a treinar e iniciar a pré-temporada. Foram apenas três reforços contratados antes do início das atividades, e a busca sem sucesso por um patrocinador master, que já dura mais de dois meses, quando recebeu da Batavo a informação de que o contrato não seria renovado. O ano não vai começar como a diretoria havia planejado quando terminou o Campeonato Brasileiro, na primeira semana de dezembro.

Até o momento, a diretoria contratou o goleiro Felipe, o principal reforço até o momento, e os meias Botinelli e Vander. Os sonhos de consumo no momento são Thiago Neves, do Al-Hilal, e Ronaldinho Gaúcho, do Milan. Ambos dependem de liberações de seus clubes para poderem voltar ao Brasil.

“Vamos montar um time competitivo, de acordo com a tradição do Flamengo, privilegiando as categorias de base, renovando contratos de jogadores como Negueba e Diego Maurício. A torcida pode ter certeza de que disputaremos títulos em 2011”, afirmou a presidente Patrícia Amorim, que em 2011 iniciará seu segundo ano de mandato.

Com relação a Thiago Neves, o Flamengo prepara uma operação financeira com parceiros como a Traffic e a Olympikus para comprar os direitos sobre o jogador e pagar o alto salário (R$ 700 mil). O clube chegou a divulgar uma nota oficial, dizendo que “a negociação havia evoluído positivamente”.

Patrocinador
Na busca por receitas para 2011, o Flamengo perdeu a Batavo, uma importante fonte, que pagou quase R$ 22 milhões em 2010. A diretoria autorizou agências a procurar empresas interessadas em assumir o papel de patrocinador master e também ouve propostas, mas até agora nada concreto chegou nas mãos dos dirigentes.

O Flamengo conta com os patrocínios de BMG, que estampa a marca nas mangas, e da Tim, que vai colocar sua marca nos calções e dentro dos números das camisas. A expectativa é de que antes da estreia no Campeonato Carioca, dia 19, contra o Volta Redonda, no Engenhão, a pendência seja resolvida.

Leia tudo sobre: FutebolFlamengo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG