Tamanho do texto

Astros santistas defenderam a seleção no amistoso contra a Bósnia na terça-feira e não poderão entrar em campo no Brinco de Ouro

Sem poder contar com a dupla Paulo Henrique Ganso e Neymar , o Santos tenta manter a boa fase no Campeonato Paulista . O time enfrenta o Guarani , nesta quarta-feira, a partir das 19h30 (de Brasília), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em confronto válido pela 11ª rodada do Paulistão.

Leia também: Reserva, Kardec defende Borges e não vê camisa 9 em má fase

Neymar, juntamente dos companheiros Ganso e Rafael, defenderam a seleção e não enfrentam o Guarani
EFE
Neymar, juntamente dos companheiros Ganso e Rafael, defenderam a seleção e não enfrentam o Guarani

Além de Ganso e Neymar, o time santista também não poderá contar com o goleiro Rafael e o lateral direito Fucile . O primeiro, a exemplo do meia e do atacante, defenderam a seleção brasileira no amistoso com a Bósnia-Herzegovina, realizado na terça-feira, na Suíça . Já o uruguaio está a serviço seu país para o amistoso com a Romênia, nesta quarta, em Bucareste. Aranha e Crystian devem ser os seus substitutos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Motivado com a oportunidade de jogar mais uma vez, Aranha também está satisfeito por reencontrar o antigo rival da época em que defendia a Ponte Preta. O goleiro, que nunca perdeu o dérbi campineiro, espera manter a escrita no duelo desta quarta-feira .

No entanto, Aranha sabe que a tarefa não será fácil, tendo em vista os desfalques que a sua equipe possui para essa partida e a qualidade do adversário, vice-líder do Estadual. “A maior dificuldade que nós vamos ter jogando lá é o time do Guarani . Eles têm um conjunto muito bom e vêm jogando muito bem durante a competição. Por isso, vamos respeitar o Guarani como respeitamos todos os adversários que nós enfrentamos”, afirmou.

Confira ainda: Invicto contra o Guarani, Aranha cobra vitória do Santos

Já nas posições de Ganso e Neymar, o técnico Muricy Ramalho deve recorrer à experiência de Elano e Alan Kardec , respectivamente. O meia vinha sendo preterido na formação titular, por conta do bom rendimento do volante Ibson, mas deve ser utilizado desde o começo da partida. Felipe Anderson corre por fora nessa disputa. Enquanto isso, no ataque, Alan Kardec formará dupla com Borges .

Kardec está feliz com a nova oportunidade como titular
AE
Kardec está feliz com a nova oportunidade como titular
Feliz com a nova chance, Kardec , vice-artilheiro do Santos no Paulista, com quatro gols marcados, espera que tanto ele quanto os demais substitutos possam ter uma boa apresentação no Brinco de Ouro. “Temos que respeitar o nosso adversário, que vem muito bem na competição, até porque temos desfalques importantíssimos. Mesmo assim, temos um elenco bom, com jogadores de qualidade, e esperamos mostrar um bom futebol contra o Guarani . Tomara que possamos manter a sequência de vitórias”, comentou.

Se o Santos atravessa um bom momento na temporada, o Guarani não faz por menos. Segundo colocado do Estadual, o Bugre soma 22 pontos, um a mais que os santistas, e espera se recuperar da derrota sofrida na última rodada, perante o Guaratinguetá, fora de casa.

“Não vamos nos desesperar. Eu espero que essa derrota venha para nos fortalecer. Não era o nosso dia (contra o Guará). Porém, o nosso time é guerreiro, e é assim que pretendemos continuar, em busca da classificação para a próxima fase”, afirmou Fabinho, atacante do Guarani, confiante na qualificação de sua equipe a etapa de mata-mata do campeonato.

O técnico do Bugre, Osvaldo Alvarez , o Vadão, também espera que o revés para o Guaratinguetá seja superado para que o seu time se concentre apenas no Santos. “Nós sempre tivemos os pés no chão. A euforia não atrapalhou, até porque ela nunca houve dentro do grupo. Então, também não podemos fazer de uma derrota a pior coisa do mundo. Temos feito uma boa campanha e vamos enfrentar um grande adversário. Contra o Santos, nós precisamos ter total atenção para buscar a vitória”, destacou.

FICHA TÉCNICA
GUARANI X SANTOS

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP)
Data: 29 de fevereiro de 2012, quarta-feira
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Alexandre Basílio Vasconcellos e Rodrigo Soares Aragão
Adicionais: Leandro Bizzio Marinho e Welton Orlando Wohnrath

GUARANI: Emerson; Bruno Peres, André Leone, Neto e Bruno Recife; Wellington Monteiro, Bruno Neves, Danilo Sacramento e Fumagalli; Fabinho e Ronaldo
Técnico: Oswaldo Alvarez

SANTOS: Aranha; Crystian, Edu Dracena, Durval e Juan; Henrique, Arouca, Ibson e Elano (Felipe Anderson); Alan Kardec e Borges
Técnico: Muricy Ramalho