Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Neymar e Ganso, Kuwait desiste de amistoso e Muricy agradece

Para alegria de Muricy, clube não confirmou presenças das principais estrelas. 'Estava torcendo contra'

Samir Carvalho, iG Santos |

A diretoria do Santos não conseguiu fechar o amistoso no Kuwait, que seria disputado no dia 20 de dezembro, após a disputa do Mundial de Clubes da Fifa, no Japão. Um dos motivos do cancelamento foi a não confirmação dos dirigentes santistas em relação às presenças de Neymar e Ganso na partida.

Santos é o nono colocado no Campeonato Brasileiro. Veja a tabela

A ausência do amistoso só desagradou aos cartolas do clube, pois jogadores e comissão técnica não concordaram com a iniciativa da diretoria. O técnico Muricy Ramalho, inclusive, comemorou o fracasso das negociações entre os dirigentes do Santos e empresários do Kuwait.

Veja também: Após “fico” de Neymar, Muricy diz que vai antecipar renovação

“Eu trocaria por qualquer dinheiro para não ir. Por isso que eu duro bastante nos clubes, não dou opinião. Eles investem muito, a parte econômica era importante, nós íamos tranquilamente. Isso é da diretoria, mas se marcar o jogo, eu vou. Mas é claro que estávamos torcendo contra”, afirmou Muricy Ramalho.

Os jogadores, que não escondem que precisam descansar antes da disputa do Mundial, não ficaram atraídos nem pelo cachê do amistoso. Caso disputasse a partida no Kuwait, o elenco receberia US$ 300 mil (R$ 531 mil). Desta forma, os atletas ficaram com pouco mais de R$ 20 mil para cada um.

Leia também: Por publicidade, Neymar pega trânsito e chega atrasado ao treino

Além do cachê, o Santos ainda receberia cerca de R$ 2,5 milhões. Os dirigentes visam divulgar o clube no exterior. Para isso, os santistas até lançaram um site em japonês para atrair os nipônicos a torcer pelo time brasileiro no Mundial de Clubes.

O Santos disputaria o amistoso dois dias após o término do Mundial no Japão. No entanto, os empresários do Kuwait pretendiam fechar o acordo pessoalmente. Eles pediram a presença de um responsável do Santos para assinar o contrato, que teria uma clausula obrigando a presença das principais estrelas santistas na partida.

Entre na Torcida Virtual do Santos e comente sobre o amistoso cancelado no Kuwait

Leia tudo sobre: santosmuricy ramalhogansoneymarkuwaitmundial de clubes da fifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG