Palmeiras joga contra o Santos neste domingo, na Vila Belmiro, e tem seis desfalques

Luiz Felipe Scolari confirmou que o Palmeiras terá os desfalques de Marcos, Cicinho e Kleber para o jogo contra o Santos neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro. O treinador afirmou que eles não têm condição de atuar e ainda disse que o time deve atuar com apenas dois atacantes, mudando um pouco o sistema de jogo adotado nas últimas rodadas.

A tendência é que Pedro Carmona ganhe uma chance ao lado de Tinga no meio de campo, com Chico e Marcos Assunção fazendo a proteção da zaga, que ainda terá Márcio Araújo jogando novamente improvisado na direita.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“Se eu colocou outro atacante, quando a gente perde a bola, os atacantes têm que recompor. Meu time para recompor, se não for de meio de campo, muito dificilmente tem a atenção suficiente para voltar e recompor. Por isso vou colocar outro atleta de meio de campo”, explicou o pentacampeão.

Por isso, o provável time que vai a campo para enfrentar o Santos será: Deola; Márcio Araújo, Henrique, Maurício Ramos e Gabriel Silva; Chico, Marcos Assunção, Tinga e Pedro Carmona; Maikon Leite e Fernandão.

Além dos desfalques confirmados, Felipão também não poderá contar com Luan, suspenso, Valdivia, atuando na seleção chilena, e João Vítor, com dores no joelho direito. Do outro lado, Muricy Ramalho não poderá contar com Arouca, Elano, Ganso, Neymar, Edu Dracena e Pará.

“O importante é usar os jogadores que temos à disposição, porque um campeonato não se ganha com sete, com 11 ou 20. Se ganha com o elenco inteiro. Não acho que as atenções vão ficar no banco, comigo e o Muricy. Vamos usar o que temos de melhor”, finalizou Scolari.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.