Modesto, meia diz que ainda pode melhorar, mas que só sequência de jogos lhe permitirá isso

Mais cara contratação do Corinthians para esta temporada, o meia Alex fez o primeiro gol e teve sua melhor atuação pelo clube no domingo, em Curitiba, no empate por 1 a 1 contra o Atlético-PR. Modesto, o jogador comemora o gol "da confiança", mas reconhece que as cobranças que recebe até o momento são justas. Para repetir a atuação do último jogo, o meia espera engrenar uma sequência de jogos como titular.

Alex se esforça nos treinos para virar titular
Bruno Winckler
Alex se esforça nos treinos para virar titular

Siga a página do iG Corinthians no Twitter

"Eu não me vejo como reserva nem como titular. Eu me vejo com a minha importância e com o que posso contribuir. Não posso me dar o luxo pelo que fiz no passado de querer isso ou aquilo. Futebol é o que eu faço hoje. Quero fazer a melhor coisa, mas eu acredito que é evolução a cada partida que me dará essa condição de ser mais importante. É o Tite que vai acabar vendo o que é melhor pra equipe", disse Alex.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

Até agora, dos nove jogos que realizou, foram apenas três como titular: contra Internacional, Atlético-GO e Atlético-PR, todos na vaga de algum contundido ou suspenso do time titular. No Paraná, Emerson não passou nos testes de vestiário e foi substituído por Alex de última hora.

O meia conseguiu em Curitiba seu primeiro gol e o primeiro passe decisivo para gol (foi dele a assistência para Paulinho no lance em que o volante foi derrubado na área). Muito pouco para o próprio Alex.

"Espero (melhorar meu números). É o que quero. Tudo que fiz até hoje, pela falta de gols ou participação direta em gols influencia. Até o julgamento é um pouco mais negativo por não ter ajudado antes. Tive paticipações boas, mas efetiva mesmo, que faz diferença, não. Falta o passe e gol com mais freqüência, mas acredito que de forma natural eles podem acontecer e números podem crescer", disse.

Teoricamente concorrente de Danilo por uma vaga no time, Alex se depara com um momento muito bom do companheiro. Ele deu sete passes diretos para gol no campeonato. Nenhum jogador do Brasileiro tem essa marca. Mesmo assim, quando atuaram juntos, Alex avalia que tiveram boa participação juntos.

"É só não estar no mesmo lugar para não trombar. Mas isso só dia a dia, jogo a jogo, para buscar movimentos e sincronia. Até no segundo tempo (contra o Atlético-PR) houve mais movimentos confundindo a marcação dando um passe de bola melhor. Com o passar de tempo entrosamento vai acontecer", disse Alex, que terá mais uma chance de se entrosar com Danilo e com o time na quarta-feira. Sem Jorge Henrique, suspenso, é ele a primeira opção de Tite para entrar na equipe.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.