Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Loco Abreu e Herrera, Botafogo aposta em ataque de velocidade

Formados nas categorias de base do clube, Caio e Willian esperam fazer boa partida contra o Boavista

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O ataque do Botafogo é bastante conhecido pelo torcedor botafoguense e o entrosamento conquistado entre Loco Abreu e Herrera é um dos pontos fortes da equipe. Mas neste sábado, na partida contra o Boavista, pela quinta rodada da Taça Rio, nenhum dos dois jogadores estará em campo. Enquanto Herrera cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, recebido na partida contra o Vasco, Loco Abreu segue com a seleção do Uruguai, que disputa amistosos na Europa.

Assim, o ataque de força física e raça, dará lugar ao ataque de velocidade, formado nas categorias de base do Botafogo, com os jovens Caio e Willian. Enquanto Caio já é conhecido da torcida, após ter se destacado no Campeonato Carioca de 2010, Willian ainda busca um lugar de destaque na equipe. Tratado como grande promessa em General Severiano, o atacante, que tem passagem pelas divisões de base da seleção brasileira, passou um mês realizando um intercâmbio no CSKA, da Rússia, mas revela que sentiu dificuldades para se adaptar e segue com o pensamento no Botafogo.

AE
Marcelo Mattos (centro) orienta Caio (à esq) e Willian no Botafogo


“Fui para lá com o Vágner Love, realizei uns amistosos e marquei um gol. Acho que gostaram de mim, mas é muito frio, então foi difícil me adaptar. Meu primeiro desejo sempre foi fazer minha estreia nos profissionais do Botafogo. Se acontecer uma transferência para o CSKA, é com meu empresário, ele vai analisar. Meu foco está aqui, em fazer uma boa estreia neste sábado”, declarou o atacante do Botafogo.

Com estilo de jogo veloz e de boa finalização, o jogador também destaca um fator que pode ajudar na partida contra o Boavista: o entrosamento com Caio, já que os dois jogaram juntos nas divisões de base do Botafogo. Willian revela que até preparou uma comemoração especial com o companheiro, caso marque seu primeiro gol pela equipe profissional.

“Conheço muito bem o Caio, dentro e fora de campo. Formamos dupla de ataque nas categorias de base em alguns momentos, então isso vai ajudar. Espero entrar da melhor maneira possível e passar uma boa impressão para o treinador e torcida. Caso eu marque um gol, a gente vai fazer o ‘passo dos havaianos’”, disse Willian, em referência a um funk carioca.

Para substituir Loco Abreu e Herrera à altura, Caio e Willian terão que mostrar um bom futebol. Com o uruguaio e o argentino em campo, o Botafogo venceu seis partidas, empatou três e só perdeu uma neste Campeonato Carioca. Loco Abreu é o artilheiro da equipe na competição, com oito gols em 10 jogos. Já Herrera marcou cinco vezes em 11 partidas.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG