Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Leandro Damião, sem gol. Internacional empata com o São Luiz

Cavenaghi voltou a perder chances e nem mesmo a entrada de D´Ale tirou o 0 a 0 do placar no Gauchão

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Foi uma partida preocupante. O Inter encontrou muita dificuldade, jogou todo o segundo tempo com um jogador a mais e não conseguiu vencer o São Luiz no estádio Beira-Rio. Oscar fez um bom primeiro tempo, D´Alessandro movimentou o time na segunda parte, mas faltou o gol. Inter 0 x 0 São Luiz.

Os jogadores pareciam sentir a falta de Leandro Damião. Saía o cruzamento, vinha o lançamento, mas o camisa 9 não estava lá. Cavenaghi mais uma vez foi esforçado, mas faltou um algo a mais. O argentino outra vez desperdiçou chances de marcar.

O Inter entrou em campo sem o seu artilheiro. Leandro Damião outra vez foi desfalque por causa da seleção brasileira. Bolatti, em viagem com a Argentina, também não ficou à disposição. Por opção, Roth começou com D´Alessandro e Bolívar no banco de reservas. Os dois pela primeira vez foram relacionados depois de voltar de lesão.

O primeiro tempo foi complicado. Oscar foi o ponto positivo. O garoto foi mais uma vez quem se destacou, pelas jogadas individuais e pela contribuição com o time. Mesmo assim o Inter não conseguiu assustar muito. O São Luiz teve chances de gol e parou no goleiro Lauro.

Rafael Sobis e D´Alessandro entraram no intervalo e o time dominou toda a segunda parte. Não o suficiente para tirar o zero do placar. O São Luiz jogou mais de 45 minutos com um jogador a menos, mas segurou o resultado com bravura.

O Inter foi a 9 pontos e pode perder a liderança do grupo 1. O Lajeadense tem 7 pontos e recebe o Ypiranga, no domingo. O São Luiz foi a 6 pontos.

Na quarta-feira o compromisso será pela Libertadores. O Jorge Wilstermann, que ainda não pontuou, visita o estádio Beira-Rio. Se vencer, o Inter chega a 10 pontos e encaminha classificação para a próxima fase. O São Luiz recebe o Novo Hamburgo pelo Campeonato Gaúcho no próximo domingo.

nullO Jogo
Logo a dois minutos de jogo o São Luiz teve boa chance. Lauro teve que salvar o chute de Sharlei. O Inter respondeu aos 7 quando Cavenaghi escorou para Zé Roberto, mas o chute saiu alto. O argentino desperdiçou boa chance aos 12. Oscar cruzou e ele acabou chutando para fora.

Aos 15 minutos Xaro bateu falta e obrigou Lauro a trabalhar outra vez. O Inter passou a dominar, mas sem botar a bola na rede. O goleiro espalmou um chute de Oscar que havia desviado na defesa. Andrezinho cobrou falta, mas foi no meio do gol, facilitando a defesa. O meia-atacante ainda tentou um voleio logo em seguida, o goleiro pegou. Aos 41 minutos Daril cometeu falta em Oscar e recebeu o segundo cartão amarelo. O São Luiz terminou a primeira etapa com um jogador a menos.

Nem mesmo as entradas de D´Alessandro e Rafael Sobis, no intervalo, e a superioridade numérica fizeram o Inter melhorar. A arrancada da segunda parte foi lenta. D´Alessandro tentou um chute de longe, Cavenaghi cobrou uma falta e Índio tentou uma cabeçada. Tudo sem muito perigo.

D´Alessandro quase acabou com o marasmo aos 30 minutos. Ele deu uma cavadinha na bola e mandou uma bomba de longe. A bola explodiu na trave, bateu no goleiro, e Alex quase marcou no rebote. Cinco minutos depois foi Cavenaghi que tentou um golaço: Alex cruzou e ele deu um toque de letra. O goleiro salvou. O atacante Alex reclamou de um pênalti aos 47 minutos, mas a arbitragem acertou em não marcar e deu o cartão amarelo para o jogador do Inter.

FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 0 X 0 SÃO LUIZ

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 26 de março de 2011, sábado
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Auxiliares: João Lúcio de Souza Júnior e Marcelo Oliveira e Silva
Público: 5.396 torcedores
Renda: R$ 52.250,00
Cartão amarelo: Nei, Alex (Inter); Danilo, Daril, Carlos (São Luiz)
Cartão vermelho: Daril (São Luiz)

INTERNACIONAL: Lauro; Nei, Índio, Rodrigo e Kléber; Wilson Matias (Alex), Guiñazu, Oscar, Andrezinho (D´Alessandro) e Zé Roberto (Rafael Sobis); Cavenaghi.
Técnico: Celso Roth.

SÃO LUIZ: Vanderlei; Danilo (Bronzatti), Jésum, Neguetti e Xaro; Gláuber, Daril, Baiano e Alexandre (Anderson Oliveira); Nicolas (Carlos) e Sharlei.
Técnico: Paulo Porto. 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG