Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Kleber, Felipão projeta equipe rápida e chance aos garotos

Miguel, Vinicius e Patrik lutam por vagas para compor time do Palmeiras nos próximos jogos

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

O torcedor do Palmeiras pode se preparar para ver um time com características diferentes nos próximos jogos. Sem poder contar com o lesionado Kleber, que era o único jogador que fazia um trabalho de área, Luiz Felipe Scolari começa a estudar uma equipe mais rápida e até dar chance a três jovens das categorias de base: Patrik, Miguel e Vinicius.

Felipão tem dois dias para fazer essa mudança. O treino desta quinta-feira e o de sexta servirão como preparação para mudar o esquema que o seu time já adota há 12 jogos, desde o início da temporada. O próximo adversário é o Santo André, às 18h30, no Pacaembu, no sábado de Carnaval.

"É uma perda muito grande, pois o Kleber é um jogador de muito boa qualidade. Não temos outro igual nesse momento. Vamos trabalhar com Vinicius e com um ainda mais novinho que é o Miguel. A torcida pode esperar ver um time com jogadores mais versáteis, menos posicionados. Vou ver se arranjo um jeito de colocar o Patrik. Vamos dar chances a meninos e sabemos que não podemos cobrar igual os outros", disse Felipão.

Os meninos, como disse o técnico, lutarão para ter um espaço ao lado da nova estrela palmeirense, o atacante Adriano Michael Jackson. Com seis gols nos últimos três jogos disputados, o jogador garantiu sua vaga de titular no time.

O sucesso, no entanto, não fará com que Scolari tente mudar o estilo de seu jogador. O treinador afirmou que conversou com Renato Gaúcho, técnico que hoje está no Grêmio, mas que foi o responsável pela ida de Adriano para o Bahia, e pegou dicas de como explorar as características do goleador.

"Falei com o Renato, que estava lá em Porto Alegre, e perguntei: 'Renato, posso usar ele como 9?'. E ele prontamente respondeu: 'Não faça isso! Ele não sabe jogar de costas, vem sempre como um segundo ponta de lança'. Eu estou conhecendo o menino há um mês, tenho uma confiança muito grande no Renato, então sei que não vai dar para usar ele como 9. Não adianta querermos colocar nele alguma coisa que não é da característica dele", explicou o treinador.

Nesta quinta-feira, o Palmeiras deve ter a noção exata de quanto tempo perderá Kleber. O jogador, que foi substituído no jogo contra o Comercial-PI, sentiu dores no músculo posterior da coxa direita e deve ficar, no mínimo, dez dias fora dos gramados.

Leia tudo sobre: palmeirasfelipãokleber

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG