Ganso volta ao time na vaga de Pará e iniciará o jogo contra o Peñarol nesta quarta-feira, no Pacaembu

O técnico Muricy Ramalho confirmou a escalação do meia Paulo Henrique Ganso na decisão da Copa Libertadores da América, contra o Peñarol nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio do Pacaembu. O treinador do Santos disse que o camisa 10 foi aprovado nos últimos treinos, e só não entrará em campo caso aconteça algum imprevisto antes da partida.

“Sobre o Ganso, ele está treinando bem, não sentiu nada, isso é importante, ele está bem, claro que pode faltar ritmo de jogo, faz tempo que não joga. Se até amanhã não acontecer nada, ele joga”, afirmou Muricy Ramalho.

Siga o iG Santos no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Com o retorno de Ganso, o treinador também confirmou o time que iniciará o jogo contra o Peñarol. Como já era previsto, Pará perderá a vaga na equipe titular para a entrada do meia. Desta forma, Danilo volta à lateral-direita. Apesar de atuar como volante durante toda a temporada, o atleta é lateral de origem.

null

Outra novidade na equipe serão os retornos de Edu Dracena e Léo. O primeiro cumpriu suspensão no primeiro jogo em Montevidéu e volta a formar dupla de zaga com Durval. Já Léo está recuperado de uma lesão no tornozelo esquerdo e retorna ao time no lugar de Alex Sandro.

Questionado em entrevista se o time teria Ganso, Léo e Dracena nas vagas de Pará, Alex Sandro e Bruno Rodrigo, Muricy confirmou a escalação. “Não acertou grande coisa também. Não tem muita novidade, o Danilo já jogou na lateral contra o Deportivo Táchira”, disse Muricy.

Desta forma, o Santos entrará em campo com a seguinte formação: Rafael; Danilo, Edu Dracena, Durval, Léo; Adriano, Arouca, Elano e Ganso; Neymar e Zé Eduardo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.