Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem grandes objetivos, Furacão e Avaí fazem despedida melancólica

Com o sonho da Libertadores da América adiado, equipe paranaense apenas cumpre tabela. Avaí se livrou do rebaixamento na rodada anterior

Gazeta Esportiva |

Fechando a participação no Campeonato Brasileiro 2010 de forma melancólica, o Atlético Paranaense apenas cumpre tabela com o também desinteressado Avaí, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), na Arena da Baixada. Sem chance de alcançar o G-4, a motivação do Furacão é tentar ficar entre os cinco primeiros, coroando sua recuperação dentro da competição após três anos lutando para não cair e um início nada promissor.

O técnico Sérgio Soares terá apenas dois problemas para escalar o time, já que não contará com o atacante Guerrón e o volante Deivid, que receberam o terceiro cartão amarelo e cumprirão suspensão automática. Já o meia Paulo Baier, o zagueiro Rhodolfo e o volante Chico, que ficaram de fora no empate diante do Ceará, estão de volta e reforçam o Rubro-Negro da despedida da temporada, diante do torcedor.

Com o sonho da Libertadores da América adiado, Chico promete pelo menos tentar encerrar a participação com um bom espetáculo e, por isso, convoca o torcedor para incentivar a equipe atleticana. "O momento é de terminar bem o campeonato. Quero convocar a torcida para apoiar novamente o time porque ela foi muito importante na campanha que fizemos", afirmou.

Até a penúltima rodada do Brasileirão o Avaí lutava para escapar do fantasma do rebaixamento, e conseguiu a permanência com uma vitória de virada diante do Santos. Agora, resta ao time um bom resultado fora de casa para deixar uma impressão melhor e projetar uma temporada 2011 com menos sustos para o torcedor.

Assim como os demais times que já não lutam por mais nada na competição, o técnico Vagner Benazzi deve aproveitar para observar o elenco. O volante Diogo Orlando, com dores musculares, e o atacante Robinho, com uma contratura, devem ser os desfalques. Bruno, na proteção à zaga, Válber e Daniel, lutando por uma vaga no ataque, aparecem como boas opções.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO/PR x AVAÍ

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 05 de dezembro de 2010, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Ednilson Corona (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

ATLÉTICO-PR: Neto; Wagner Diniz, Manoel, Rhodolfo e Paulinho; Chico, Vitor, Paulo Baier e Branquinho; Guerrón e Maikon Leite.
Técnico: Sérgio Soares

AVAÍ: Renan; Patric, Emerson, Émerson Nunes e Eltinho; Bruno, Rudnei, Batista e Caio; Vandinho e Válber (Daniel)
Técnico: Vagner Benazzi

Leia tudo sobre: atlético-pravaícampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG