Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem goleiro titular, mas cheio de brasileiros, Braga vence Vitória

Sem Quim, time jogou em Setúbal e conseguiu a vitória com Hélder Barbosa, que marcou o gol decisivo

Gazeta |

Vitória de Setúbal e Sporting Braga se enfrentaram nesta terça-feira, pela 3ª rodada do Campeonato Português e, com a vitória por 1 a 0, os visitantes assumiram a liderança provisória da competição de forma isolada, com sete pontos conquistados.

Ambos tinham quatro pontos e ficariam na primeira posição com uma vitória, mas jogaram sem seus principais jogadores e acabaram protagonizando uma partida franca e aberta, mas sem grandes chances de gol. Apenas perto do apito final, aos 37 do segundo tempo, Hélder Barbosa marcou o gol decisivo.

O atacante João Silva, do Vitória, e o goleiro Quim, do Braga, se juntaram à Seleção Portuguesa e não participaram do confronto. Quim se apresentou à seleção principal, que enfrenta o Chipre em partida de classificação para a Eurocopa 2012, enquanto Silva fica à disposição da Seleção sub-21, que terá pela frente um qualificatório para a competição européia de Israel, em setembro.

O fato curioso é o número de brasileiros em campo na partida: nove. No time de Setúbal eram quatro: o goleiro Diego, o zagueiro Anderson do Ó e os atacantes Henrique e Cláudio Pitbull. Do lado do Braga estavam mais cinco brasileiros: o lateral Baiano, o zagueiro Paulo Vinícius, os meias Alan e Márcio Mossoró e o atacante Lima.

No início da partida, os goleiros se destacaram. Do lado do Vitória, o brasileiro Diego fez importante defesa aos dois minutos, evitando que os adversários abrissem vantagem. Cinco minutos mais tarde, foi a vez do italiano Tommaso Berni, substituto de Quim, mostrar serviço e evitar o que seria um belo gol de Cláudio Pitbull, que passou pela marcação de André Coelho e finalizou sem muita força.

Aos 28, depois de cruzamento de Neca, Henrique antecipou-se ao marcador para bater fraco, mais uma vez. Dez minutos mais tarde era a vez do Braga reagir. Hélder Barbosa tentou tocar para Lima, mas a bola resvalou em Ricardo Silva e enganou o goleiro Diego, já entregue no lance. Por centímetros o Braga não abriu o placar.

A segunda etapa foi menos movimentada, já que os times temiam levar um gol e acabar ficando mais longe do topo da tabela. Cláudio Pitbull, do lado do time de Setúbal, e Márcio Mossoró, pelo Braga, tentavam tomar a iniciativa, mas esbarravam na forte marcação empreendida dos dois lados.

A partida mudou quando o experiente Nuno Gomes entrou em campo. Em tabelas rápidas e ataques velozes ao lado de Lima, o Braga começou a gostar do jogo e se atirar para frente. O resultado finalmente veio aos 37, quando o regular Hélder Barbosa driblou Neca e bateu forte, na entrada da área, de pé esquerdo, sem chances para Diego e marcou o único gol da partida.

Com a vitória, o Braga assume a liderança provisória da Liga, enquanto o Vitória de Setúbal conhece sua primeira derrota na competição depois de um jogo bastante equilibrado.

Leia tudo sobre: futebol mundialportugal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG