Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem finalizar a gol, Escudero recebe poucas chances no Grêmio

Técnico Renato Gaúcho reclamou da falta de definição do meia argentino no Brasileirão

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Wesley Santos/Pressdigital
Escudero está enfrentado obstáculos no Grêmio
Quase todo o torcedor do Grêmio já se perguntou: porque Escudero não recebe mais chances de Renato Gaúcho? Após o empate com o Vasco, partida na qual o argentino entrou no segundo tempo, o treinador justificou a sua escolha:

"Ele precisa aparecer mais na frente, chutar mais a gol, porque joga em uma posição ofensiva. É reflexo da posição em que ele jogava no exterior, perdeu um pouco o chute. Mas aqui é assim, tem que tentar".

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Escudero, de fato, não tem bom aproveitamento no fundamento finalização. Em quatro jogos no Brasileirão, deu dois chutes. Para fora. A maior qualidade é o passe, com 82% de aproveitamento. Em 16 jogos no ano, tem apenas um gol. Os números são do Footstats e estão disponíveis no aplicativo iG Esporte para iPhone e iPad.

Tenha as estatísticas no seu iPhone e faça comparações entre times e jogadores

O curioso é que Lúcio, o jogador da mesma posição, meia pelo lado esquerdo, também tem dificuldade em tentar o gol. Só chutou duas vezes, em quatro jogos, para fora. Os dois disputam posição.

Após a folga desta segunda-feira, o Grêmio se reapresenta na manhã desta terça-feira. Enfrenta o Botafogo, domingo, no Rio.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011escudero

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG