comemora folga de uma semana - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem férias, Neymar comemora folga de uma semana

Atacante irá se apresentar na próxima segunda-feira à seleção brasileira para o período de treinamentos antes do Sul-Americano sub 20

Paulo Passos, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237881961665&_c_=MiGComponente_C

Uma semana. Esse será o período de férias que o jogador Neymar terá entre 2010 e 2011. Após uma temporada no Santos, a sua primeira como titular absoluto, o atacante irá se apresentar à seleção brasileira sub 20 no próximo dia 13 de dezembro.

Pretendo curtir a família o máximo que puder para depois treinar com a seleção, respondeu o santista aos ser perguntado sobre o que faria na semana que terá sem treinamentos. Bem humorado, após receber o prêmio Bola de Prata da revista Placar e dos canais Espn, nesta segunda-feira, ele chegou a brincar quando o repórter questionou o que ele faria nas férias. Férias não, folga, né? Uma semana, disse.
Paulo Passos/iG
Após levar Bola de Prata, Neymar é assediado por fãs em São Paulo

Porém, o atacante não mostrou descontentamento com tantos compromissos. A gente cansa um pouco, mas depois recupera, afirmou.

No dia 13, os jogadores convocados por Ney Franco iniciam a preparação para o Campeonato Sul-Americano sub 20, que será disputado entre 16 janeiro e 6 fevereiro2011. Os jogadores da seleção brasileira ficarão concentrados em Teresópolis e terão aproximadamente quatro dias de folga, dois no natal e dois no ano novo.

Direitos fatiados

Nesta segunda-feira, Neymar falou pela primeira vez sobre a venda de parte de seus direitos econômicos para um grupo De conselheiro do Santos. A empresa Terceira Estrela Investimentos S.A pagou R$ 3,5 milhões por 5% do atacante.

O Santos negociou a porcentagem abaixo da multa rescisória de Neymar, que está avaliada em 35 milhões de euros (cerca de R$ 78,3 milhões). Sendo assim, baseado no valor da multa, os 5% dos direitos econômicos do jogador custam R$ 3,9 milhões.

Os direitos eram do Santos. Então, eles fizeram da melhor maneira que acharam. O direito era deles e eles fazem o que quiser, afirmou o atacante.

Leia tudo sobre: campeonato brasileironeymarsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG