reforço árabe do Inter ganha apelido e só conhecia Rafael Sóbis - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem falar inglês, reforço árabe do Inter ganha apelido e só conhecia Rafael Sóbis

Sultan Bargash, que para os colorados virou ¿sultão¿, foi emprestado pelo técnico Abel Braga, do Al Jazira, para completar o time nos treinamentos

Marcel Rizzo, enviado iG a Abu Dhabi |

Sultan Bargash, o lateral-esquerdo que o Internacional pegou emprestado do Al Jazira para completar o time no coletivo, tem 19 anos. E só fala árabe. Para conseguir conversar com ele, a tradução era feita por um representante da Fifa. O jogador foi liberado pelo brasileiro Abel Braga, a pedido de Celso Roth, já que o Inter tem um atleta a menos para disputar o Mundial de Clubes porque Rodrigo teve problema na documentação e a Fifa não liberou uma nova inscrição.

Fiquei sabendo ontem (quinta-feira) que treinaria com o Inter. Fiquei feliz, porque é o sonho de qualquer jogador jogar em um time que vai disputar o Mundial, disse Sultan em árabe, traduzido para o inglês por Mohammed Kaled, representante da Fifa que acompanha o Internacional.

O curioso foi que Celso Roth não sabia que Sultan não falava inglês. E o técnico brasileiro gastou seu vocabulário com open, easy e come on durante todo o trabalho. Palavras fáceis, que Sultan provavelmente compreendia, mas que tornaram esquisita a opção do Inter em não trazer um jogador extra, mesmo que não inscrito, para trabalhar nos treinamentos.

Eu não conhecias os jogadores, apesar de já ter visto jogos do Internacional. Fui vendo os nomes durante o treino, pela camisa. Só conhecia mesmo o Rafael Sóbis, que jogou comigo no Al Jazira, disse Sultan.

Ao final do treino, ele foi cumprimentado pelos jogadores, que já o apelidaram de sultão. O reforço treinará com o Internacional por toro o período que o clube ficar em Abu Dhabi, ou seja, até 17 de dezembro. Só que logo no primeiro dia Sultan pisou na bola com Celso Roth, Chegou atrasado, o quer fez o treinador improvisar o goleiro Pato Abbondanzieri nos primeiros dez minutos do trabalho.

Sultão, amanhã (sábado) o treino é 18 horas. Aqui hein, aqui, disse Roth, em inglês. Desta vez traduzido para o árabe pelo membro da Fifa.

Leia tudo sobre: internacionalmundial de clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG