Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem estrelas, Santos sente “ressaca” e perde para o Figueirense

Com dois gols do atacante Aloísio, o Figueirense não teve dificuldades para vencer o Santos por 2 a 1

Samir Carvalho, iG Santos |

null

Desfalcado de suas principais estrelas – Neymar , Elano e Paulo Henrique Ganso – que estão servindo à seleção brasileira na Copa América da Argentina, o Santos sentiu a “ressaca” do título da Copa Libertadores da América, e não apresentou um bom futebol contra o Figueirense , que apesar da diferença mínima no plaar, não teve dificuldades para vencer a partida por 2 a 1 nesta quarta-feira, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Torce para o Santos ou para o Figueirense? Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

A partida teve dois gols “relâmpagos”, já que o Figueirense abriu o marcador com Aloísio aos quatro minutos, e Rychely empatou para o Santos aos seis minutos. O gol do time da Vila Belmiro foi um dos poucos ataques da equipe na partida. Isso porque, o Figueirense dominou o jogo, pressionou os santistas com jogadas de ataque, chutou uma bola no travessão, e marcou o segundo gol ainda no primeiro tempo, novamente com o atacante Aloísio.

Futura Press
O jogo foi complicado para os santistas no Orlando Scarpelli

Com a vitória diante do Santos, o Figueirense chega ao G-4, com 13 pontos ganhos. Já o Santos fica perto da zona de rebaixamento, com apenas cinco pontos. Porém, a equipe santista tem dois jogos a menos na competição.

Antes de a partida iniciar, o técnico Muricy Ramalho foi homenageado com uma placa pela equipe do Figueirense. O treinador comandou o time catarinense em 2002. Foram 21 jogos, com dez vitórias, nove derrotas e dois empates.

Siga o iG Santos no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

"Muito legal essa homenagem. Foi o onde eu melhor morei, Tive uma passagem boa no Figueirense. O clube abriu as coisas para mim, que tem uma estrutura muito boa. Feliz porque o Figueirense voltou à primeira divisão", disse Muricy Ramalho.

Após a derrota para o Figueirense, o Santos enfrenta o América-MG no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. Já o Figueirense volta a campo apenas no dia 7 de julho (quinta-feira), diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira.

Futura Press
Não houve lá muito espaço para criação
O jogo
A partida começou com o Figueirense pressionando o Santos, e o time de Florianópolis abriu o placar no primeiro ataque. O volante Adriano errou o domínio da bola, e Aloísio aproveitou a falha e rapidamente chutou de fora da área para surpreender o goleiro Rafael e fazer o primeiro gol da partida.

No entanto, a resposta do Santos foi imediata. Um minuto depois, Alex Sandro toca a bola para Rychely dentro da área, o atacante domina de costa, faz o giro na frente do zagueiro e chuta rasteiro no canto esquerdo do goleiro Wilson para empatar o jogo.

Após o empate do Santos, o Figueirense não se abateu e começou a dominar as ações da partida. Aos 13 minutos, depois de um cruzamento na área, a bola sobrou para Fernandes, que finalizou na entrada da pequena área, mas Alex Sandro se jogou em cima da bola e evitou o gol.

O Figueirense continuava pressionando. Aos 18 minutos, Héber recebeu cruzamento da esquerda e chutou de primeira. A bola passou perto da trave de Rafael. Dois minutos depois, a equipe de Santa Catarina chegou mais perto ainda do segundo gol. Maicon arriscou um chute de fora da área e acertou o travessão do goleiro Rafael.

Aos 31 minutos, Héber divide a bola com os zagueiros do Santos. Pará vira de costas quando o meia ameaçou o chute, e a bola sobrou para Aloísio, que passou fácil por Edu Dracena, driblou o goleiro Rafael, e fez o seu segundo gol no jogo.

O segundo tempo foi bem morno. Como o Santos não demonstrava reação, o Figueirense apenas administrou o resultado. Entretanto, a melhor chance da segunda etapa foi do time de Florianópolis. Aos 26 minutos, Túlio acertou um chute forte da entrada da área e Rafael fez uma linda defesa, espalmando para escanteio. Sendo assim, o jogo terminou com a vitória do Figueirense por 2 a 1.

FICHA TÉCNICA – FIGUEIRENSE 2 X 1 SANTOS

Estádio: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)
Data/hora: 29/6/2011 - 21h50
Árbitro: Márcio Chagas da Silva (RS)
Auxiliares: Julio César Rodrigues Santos (RS) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Cartões amarelos: Edson Silva (Figueirense) e Edu Dracena (Santos)

Gols:
Figueirense – Aloísio aos quatro e 31 minutos do primeiro tempo
Santos – Rychely aos seis minutos do primeiro tempo

FIGUEIRENSE: Wilson, Bruno, João Paulo, Edson Silva (Roger Carvalho) e Juninho; Ygor, Maicon, Túlio e Fernandes (Rhayner); Aloísio (Coutinho) e Héber.
Técnico: Jorginho.

SANTOS: Rafael; Pará (Tiago Alves), Edu Dracena, Durval e Alex Sandro; Adriano, Arouca, Danilo e Roger Gaúcho (Felipe Anderson); Rychely (Rena Mota) e Borges.
Técnico: Muricy Ramalho.

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011SantosFigueirense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG