Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Sem Damião, marcadores decidem vitória do Inter sobre Atlético-MG

Com polêmica, time gaúcho fez 2 a 1 com gols de Bolatti e Fabrício. Mineiros seguem entre os rebaixados

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

null

O Inter fez o dever de casa em venceu o Atlético-MG por 2 a 1, no Beira-Rio. Sem o maior goleador do Brasil, Leandro Damião - machucado, que só volta a jogar em novembro, coube aos jogadores de defesa a decisão no placar.

O volante Bolatti, aos 26 minutos do primeiro tempo, botou a bola na rede e colocou o Inter na frente. Renan Oliveira empatou, aos 25 do segundo tempo, mas o lateral/meia Fabrício, que havia acabado de entrar, em seu primeiro toque na bola, fez o 2 a 1 aos 31 do segundo tempo. O gol chegou a ser anulado pelo auxiliar Dibert Pedrosa, mas o árbitro Péricles Cortês chamou a responsabilidade da jogada e validou o lance.

Entre para a Torcida Virtual do seu time e convide seus amigos

Os dois times entraram em campo com grandes desafios. O Inter foi para o seu primeiro jogo sem o artilheiro Damião. O Atlético-MG desesperado por uma vitória para deixar a zona de rebaixamento.

De forma surpreendente, foram os visitantes que tomaram mais atitude no início do jogo. O Inter demorou para se encontrar. Quando o jogo já estava parelho, apareceu o elemento surpresa: Bolatti arrancou para o ataque e bateu forte para fazer o gol da primeira etapa.

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

O Inter partiu para o segundo tempo a fim de definir o placar. Jô, em dois lances antes dos 10 minutos, perdeu duas oportunidades. Renan Oliveira não perdoou e deixou tudo igual. Fabrício, completando um cruzamento de D´Alessandro, definiu a vitória do Inter por 2 a 1.

Veja notícias do Atlético-MG pelo Twitter

Com 40 pontos, os gaúchos ficam a um ponto da zona da Libertadores. Os mineiros seguem na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 26 pontos. No próximo domingo, 16h, o Inter vai visitar o Atlético-PR. O Atlético-MG, no mesmo dia e horário, receberá o Ceará.

O Jogo:
A primeira ação do jogo foi do Atlético-MG. Bernard arriscou chute, que passou perto do gol. Aos oito minutos, Magno Alves driblou Bolatti e arriscou outro chute. Mais uma vez para fora. Aos 10, Muriel segurou firme a cobrança de falta de Daniel Carvalho.

Aos 16, o Inter apareceu. O chute de Oscar bateu na zaga e quase traiu o goleiro Giovani, que voltou a tempo de espalmar. Sem muito atacar, o Inter resolveu o problema aos 26 minutos. Bolatti foi o elemento surpresa, tabelou com D´Alessandro, invadiu a área e mandou um canudo: 1 a 0! D´Ale quase ampliou no minuto seguinte, mas parou no goleiro Giovani.

O Inter voltou a assustar aos 42. Kléber passou por Mancini e inverteu para Oscar. O garoto se livrou da marcação e bateu cruzado, passando perto do gol.

Jô, substituto de Damião, quase jogou a bola pra rede aos quatro minutos do segundo tempo. Após um cruzamento de Nei, ele não completou para o gol por chegar um pouco atrasado. Aos oito, Andrezinho fez grande jogada e rolou para Jô. O centroavante cortou o zagueiro, chutou forte, mas sobre o gol. Grande chance desperdiçada!

O Inter seguiu em busca do segundo gol. Aos 16, a cobrança de falta de D´Alessandro passou perto do gol. Renan Oliveira quase empatou aos 20, mas Kléber salvou o chute que ia na direção do gol. Muriel ainda teve que intervir no minuto seguinte, depois de cobrança de escanteio de Daniel Carvalho.

O Galo empatou aos 25. Carlos César cruzou e Renan Oliveira completou de carrinho: 1 a 1. Dorival Júnior ouviu gritos de 'burro' ao trocar Fabrício por Oscar. Em seu primeiro toque na bola, Fabrício completou para o gol fazendo 2 a 1. O lance chegou a ser anulado pelo auxiliar, mas o árbitro chamou a responsabilidade e deu gol. O Inter ainda passou sufoco no final, mas segurou o placar.

FICHA TÉCNICA - INTERNACIONAL 2 X 1 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 25 de setembro de 2011, no domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Péricles Cortês (Fifa-RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ) e Rodrigo Henrique Correia (RJ).
Público: 19.675 torcedores
Renda: R$ 260.670,00
Cartão amarelo: D´Alessandro, Kléber (Internacional); Mancini, Dudu Cearense, Bernard, Réver (Atlético-MG).
Cartão vermelho: Rodrigo moledo (Inter); Réver (Atlético-MG)

GOLS:
Internacional: Bolatti, aos 26 minutos do primeiro tempo; Fabrício, aos 31 minutos do segundo tempo.
Atlético-MG: Renan Oliveira, aos 25 minutos do segundo tempo.

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Kléber; Bolatti, Guiñazu, Andrezinho (Dellatorre), D´Alessandro (Ricardo Goulart) e Oscar (Fabrício); Jô.
Técnico: Dorival Júnior.

ATLÉTICO-MG: Giovani; Mancini (Carlos César), Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Dudu Cearense, Fillipe Soutto, Richarlyson (Renan Oliveira) e Daniel Carvalho; Magno Alves (André) e Bernard.
Técnico: Cuca.

Leia tudo sobre: InternacionalAtlético-MGBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG