Tamanho do texto

Enquanto o reforço não chega, Cuca testou quatro jogadores diferentes com a camisa 10 em 12 partidas

O Atlético-MG não esconde que busca um camisa 10. Depois da tentativa frustrada de trazer o chileno Matías Fernández , outros nomes já foram especulados envolvendo o Atlético. Elano , do Santos , e Zé Roberto, de 37 anos e sem clube, foram alguns dos jogadores citados como procurados, mas a diretoria atleticana não confirma. Enquanto não chega o tão sonhado camisa 10, Cuca vai se virando com o que tem no elenco. E nas 12 partidas na temporada, quatro jogadores diferentes já usaram a 10.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Apesar de não ser um típico meia-armador, Escudero chegou para tentar preencher a vaga e foi com ele que usou a camisa 10 nos sete primeiros jogos do Atlético-MG na temporada. Depois do bom começo, com cinco assistências em cinco partidas , o argentino caiu de rendimento e se contundiu em sequência. Mas ainda com Escudero no time, Mancini se tornou o 10 atleticano.

Leia também: Com folga extra, Cuca descarta poupar titulares do Atlético-MG

Mas quando usou o número mítico, o experiente meia alvinegro não foi muito bem. Contra o Villa Nova e contra o Democrata-GV ele não fez gol e nem deu assistência. Além disso, foi substituído nas duas partidas. Coube a Danilinho ser o camisa 10 do Atlético-MG contra o Uberaba. Depois do primeiro tempo discreto, ele marcou um gol no segundo, mas não teve outro momento de destaque no jogo.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Mesmo com Danilinho em campo, Guilherme se tornou o novo camisa 10 atleticano, no empate com o Cruzeiro e na goleada sobre o Penarol-AM . Se no clássico o atacante que sabe fazer o papel de meia, já foram quatro assistências na temporada, ficou marcado pelos gols perdidos, na Copa do Brasil ele marcou mais um gol em 2012. Apesar de apresentar os melhores números, o atacante já descartou deixar a posição de origem para ser o camisa 10 .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Numa eventual partida sim, poderia jogar como meia, apenas em determinadas situações. Mas ser o camisa 10 definitivo não”, disse Guilherme em agosto do ano passado.

Camisa 10 Jogos Gols Assistências Passes certos* Passes errados* Faltas sofridas* Finalização* Dribles*
Escudero 8 0 5 153 30 8 13 18
Mancini 10 4 1 154 20 7 25 5
Danilinho 8 2 2 68 9 5 4 5
Guilherme 12 5 3 154 21 14 30 10

* Apenas os dez jogos do Campeonato Mineiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.