Tamanho do texto

Clube busca lateral e o jogador de 23 anos era o primeiro da lista alvinegra, que agora busca outras opções

Alvo do Atlético-MG para ser o lateral-esquerdo na temporada 2012, o jogador Ávine se apresentou ao Bahia nesta quinta-feira e sua transferência está descartada para Belo Horizonte. Segundo o empresário do lateral, Oldegard Júnior, os clubes não chegaram a um acordo financeiro.

Veja também: Estrutura, salário e seleção fazem Atlético-MG conquistar Ávine

“A negociação está descartada. Não houve um acordo financeiro entre Bahia e o Atlético. Com isso o Ávine continua no Bahia em 2012. Ele já se apresentou ao clube”, disse o empresário ao iG , depois que a diretoria do clube tricolor divulgou uma nota confirmando a presença do jogador na reapresentação do elenco.

Leia também: Triguinho renova e fica no Atlético-MG por mais uma temporada

O Bahia detém 50% dos direitos econômicos de Ávine e pediu cerca de R$ 4 milhões para liberar o jogador. As negociações entre Atlético-MG e Bahia duraram cerca de três semanas,, mas o final não foi o esperado pela diretoria alvinegra. Além do Bahia, a empresa Goal Sport Promotion. Ávine tem 23 anos e jogou apenas por Bahia e Santo André, clube pelo qual teve uma rápida passagem.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O lateral disputou apenas o primeiro turno do Brasileiro, por conta de uma lesão no joelho esquerdo. No período que esteve em campo o jogador foi destaque e um possível acerto com o Atlético-MG era visto como um atalho para a seleção brasileira , como declarou Oldegard Filho ao iG .

Siga o Twitter do iG Atlético-M G e receba notícias do time em tempo real

Pouco antes de se apresentação no CT do Bahia, Ávine brincou com a situação. Pelo Twitter, o jogador desmentiu qualquer acerto com o Atlético-MG e informou que pretende ficar em Salvador até o final do seu contrato, em 2013. “Oxe, eu não estou sabendo que eu fui vendido, não. Me venderaram e eu não tô sabendo... Pois eu tenho contrato com o Bahia até 2013 e vou cumprir”.

Por enquanto o Atlético-MG tem dois jogadores para a posição. O experiente Triguinho, que renovou contrato , e o jovem Eron, que se diz preparado para ser o titular em 2012. Sem o acerto com Ávine, o clube mineiro busca outras opções no mercado, pois segundo o diretor de futebol, Eduardo Maluf, o clube mineiro sempre negocia com três jogadores por posição.