Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Seleções pressionam e liberam treinos em campos da Copa América

Equipes foram autorizadas a fazer reconhecimento de campo na véspera das partidas usando todo o gramado

Marcel Rizzo e Paulo Passos, enviados iG a Los Cardales |

Divulgação
O estádio Mario Kempes, em Córdoba, receberá duas partidas da seleção brasileira na Copa América
Por pressão das seleções participantes da Copa América 2011 , a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) e o COL (Comitê Organizador Local) liberaram que os times treinem um dia antes dos jogos nos estádios que receberão as partidas. O técnico Mano Menezes, por exemplo, pretende dar coletivos na véspera dos confrontos e precisa usar todo o gramado.

Com isso, a programação da seleção brasileira para a segunda e terceira partidas na competição mudou: os dois jogos serão no estádio Mario Alberto Kempes, em Córdoba (cidade a 750 km de Buenos Aires), e com isso a seleção viajará na antevéspera e treinará no estádio na véspera. Dia 9 de julho o Brasil enfrenta o Paraguai e dia 13, o Equador.

O planejamento antes da estreia, neste domingo (16h de Brasília), em La Plata (a 60m km de Buenos Aires), contra a Venezuela, continua o mesmo e o treinamento de véspera será no hotel no qual a seleção está hospedada na cidade de Los Cardales, 60 km ao norte da capital argentina. Mano não pretende realizar treinamentos fora do hotel, a não ser em véspera de jogos .

A organização do torneio teme que os gramados sejam afetados caso as seleções treinem muito neles antes das partidas. O estádio de La Plata, por exemplo, receberá seis partidas, o maior número na competição. O de Córdoba quatro. Mas como a chuva em todo o país diminuiu nos últimos dias, será feito um teste nas primeiras rodadas. Caso os gramados fiquem machucados, a recomendação de não usar os campos pode voltar.

Na reunião técnica da organização também ficou definido que os 12 jogadores reservas (incluindo dois goleiros) poderão ficar no banco de reservas e serão opções para o treinador escolher três para substituição.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG