Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fora da Copa América, Fábio lamenta falta de oportunidades nos amistosos

Goleiro do Cruzeiro não entrou em campo nas partidas contra Holanda e Romênia e acabou preterido por Mano Menezes

Gazeta |

O Cruzeiro chegou a divulgar um comunicado para comemorar as convocações do goleiro Fábio e do volante Henrique para a Copa América . A notícia não se confirmou após os amistosos contra Holanda e Romênia. Nas duas partidas, o técnico Mano Menezes não utilizou os jogadores do time mineiro.

"Sem a oportunidade de jogar, fica difícil mostrar que você tem condições de permanecer no grupo. Fiz o meu trabalho nos treinamentos, mas preciso de uma chance em uma partida", reclamou Fábio. "Vou continuar trabalhando forte no Cruzeiro. É isso que pode me permitir voltar à seleção", ponderou.

Os goleiros preferidos de Mano Menezes para a Copa América foram Júlio César, da italiana Internazionale, e Victor, do Grêmio. Jefferson, do Botafogo, também ficou fora do torneio continental. "Mas eu não me sinto abaixo de ninguém. Posso brigar de igual para igual com qualquer goleiro do Brasil e do exterior", bradou Fábio.

Mano também fez questão de incentivar o cruzeirense. "O fato de eu não ter usado todos os jogadores nos amistosos, como aconteceu com o Fábio e o Henrique, não quer dizer que eles não terão novas oportunidades", disse o comandante da seleção brasileira.

Fábio se conformou com o discurso de Mano: "Ele disse que ainda tem muita coisa para acontecer até a Copa do Mundo, que nada está definido. Só 22 jogadores podem ir à Copa América, e quem não foi tem que seguir trabalhando para ter outras oportunidades".

Enquanto Fábio falou bastante sobre o seu sentimento de não ir à Copa América, Henrique se calou. O volante não quis conceder entrevistas depois da vitória do Brasil sobre a Romênia, por 1 a 0, no Pacaembu.

null

Leia tudo sobre: seleção brasileiracruzeiroCopa América 2011fábiovideo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG