André Santos, Lucas Leiva, Elano e Ramires deram indícios de que é preciso adotar uma postura paciente

Escolhidos para participar da entrevista coletiva da seleção brasileira nesta sexta-feira, André Santos, Lucas Leiva, Elano e Ramires foram unânimes em dizer que a melhor estratégia para vencer o Paraguai e manter a filosofia do técnico Mano Menezes é respeitar o adversário e adotar uma postura mais paciente em campo.

Para André Santos, a seleção paraguaia é "bastante qualificada" e "tem tudo para fazer um bom jogo" contra o Brasil. No entanto, o lateral do Fenerbahçe explicou que a equipe dirigida por Mano Menezes precisa manter sua proposta de jogo para vencer um adversário que "vai se esforçar ao máximo em campo".

Já Elano afirmou que espera uma partida muito intensa: "Contra os paraguaios teremos um jogo com muito desgaste físico e no qual teremos que exibir nosso melhor futebol para vencer".

"Nossos jogadores têm plena condição para desequilibrar no jogo com o Paraguai, mas temos que respeitar as qualidades do rival", disse, por sua vez, o volante Lucas Leiva.

Por último, Ramires mostrou confiança em seus companheiros, mas reiterou a precaução: "confio nas condições dos nossos atacantes, como Neymar, Pato e Robinho para poder transformar as chances em gol, mas teremos que ficar em alerta nos 90 minutos".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.